Apostilas para concursos 2018

54.251 Questões

14.052 vagas em concursos

 

 

Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018.

ICAP-TO | Níveis Fundamental, Médio e Superior de Escolaridade

» Prefeitura de Presidente Kennedy (TO) abre concurso para 99 vagas

 

IGD-RH | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Franco Da Rocha (SP) abre concurso para 62 vagas

VUNESP | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Arujá (SP) abre concurso para 113 vagas

PM MG | Nível Superior

» Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG) abre concurso para 150 vagas

 

VUNESP | Nível Médio| Provas Objetivas em 10/02/2019

» Secretaria de Educação de São Paulo abre concurso para 167 vagas

 

 

 

 

Período Composto por Coordenação



Objetivo: Identificar a relação de independência entre as orações do período

 


Os elementos de ligação entre os períodos são os conectivos, as conjunções coordenativas e subordinativas.

As conjunções coordenativas ligam orações coordenadas. Elas podem ser: aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas, explicativas.

As conjunções subordinativas ligam orgações dependentes das principais.

As seguintes conjunções subordinativas inciciam orações adverbiais: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais.

As cojunções integrantes (que, se) inciam orações substantivas.

Os pronomes relativos inciam orações adjetivas – explicativas (entre vírgulas) ou restritivas (sem vírgulas).

Coordenação

Formada por orações independentes entre si. Podem ser:

Orações coordenadas

Orações Coodernadas Assindéticas são aquelas não apresentam conectivo. Aparecem, então, separadas por vírgulas, ponto e vírgula ou dois pontos.

Exemplo:

Vim, vi, venci.

Orações Coordenadas Sindéticas são aquelas que apresentam algum tipo de conectivo. Essas orações recebem o nome da conjunção que as inicia. Subdivdem-se em:




a) aditivas: expressam pensamentos similares ou equivalentes.

Exemplo:

Ele bebeu todo o vinho e saíu.


Principais Conjunções Aditivas: e, nem, mas também etc.




b) adversativas: expressam um pensamento que se opõe, que constrata com o anterior.

Exemplo:

Ouvi, mas não compreendi.


Principais Conjunções Adversativas: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto etc.




c) alternativas: expressam pensamentos que se excluem ou se alternam.
Exemplo:

Venha agora ou perderá a vez.


Principais Conjunções Alternativa: ou, ou ... ou, ora … ora, já … já, quer … quer etc.






d) conclusivas: encerram a dedução ou conclusão de um raciocínio.

Exemplo:

São todos cegos, portanto não verão o espetáculo.



Principais Conjunções Conclusivas: portanto, logo, por conseguinte, então, pois (depos do verbo) etc.




e)explicativas: exprimem explicação, motivo, razão. Elas se apresentam justificando a anterior.

Exemplo:

Deve ter chovido à noite, pois o chão está molhado.



Principais Conjuções Explicativas :



pois (antes do verbo), que, porque, visto que, porquanto etc.




Exemplo de análise sintática do Período Composto por Coordenação.



Netuno é Deus do mar, mas Baco tem afogado mais gente.


a) Netuno é Deus do mar,

- Oração coordenada assindética

- Sujeito Simples: Netuno

- pedicado nominal: é Deus do mar

- verbo de ligação: é

- predicativo do sujeito: Deus do mar

- ajunto adnominal: do mar


b) mas Baco tem afogado mais gente.

- oração coordenada sindética adversativa

- sujeito simples: Baco

- predicado verbal: tem afogado mais gente

- Verbo Transitivo Direto: tem afogado

- objeto direto: mais gente

- adjunto adnominal: mais

- conectivo coordenativo:(conjunção) mas.




 

 

 

Aula 1 Aula 2 Aula 3 Aula 4 Aula 5 Aula 6 Aula 7 Aula 8