Apostilas para concursos 2017

34.697 Questões

17.066 vagas em concursos

 

 

Domingo, 19 de Novembro de 2017.

Prefeitura de Osasco | Níveis Médio e Superior de Escolaridade

» Prefeitura de Osasco (SP) abre seleção para 289 vagas

 

CONSCAM | Níveis Médio e Superior

» Prefeitura de Tapiraí (SP) abre concurso para 4 vagas

SC Concursos | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Vista Gaúcha (RS) abre concurso para 29 vagas

IVIN | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Ipixuna Do Pará (PA) abre concurso para 440 vagas

 

Concursos da Vunesp

IADES | Níveis Médio e Superior| Salários de até R$ 4.903,05

» Correios abrem concurso para 88 vagas

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

 

 

 

Treinamento de Soldado PM SP

Questões de Direito Urbanístico 2017

 

 

Questões para Praticar

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Você precisa fazer aquilo que pensa que não é capaz de fazer.

Eleanor Roosevelt

 

 

 

Ano: 2017 VUNESP    Prefeitura de São José dos Campos Nível Superior  Prova: Procurador  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do plano diretor

 

prancheta

 

 

 


Q33436


 

Quanto ao direito urbanístico, assinale a alternativa correta.

 

a)  A lei que instituir o plano diretor deverá ser revista, pelo menos, a cada vinte anos.

 

 

b)  O plano diretor é obrigatório para todas as cidades.

 

 

c)  O plano diretor é parte integrante do processo de planejamento regional e municipal.

 

 

d)  Não é possível aos municípios ampliar o seu perí- metro urbano após a edição da Lei n° 10.257/2001 (Estatuto da Cidade).

 

 

e)  O plano diretor, aprovado por lei municipal, é o instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 FUNDEP    Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPE MG) Nível Superior  Prova: Promotor de Justiça Substituto  Direito Urbanístico Parcelamento do solo urbano - Lei 6.766, de 19 de dezembro de 1979, Do projeto de loteamento

 

prancheta

 

 

 


Q24954


 

Assinale a alternativa INCORRETA.

A fiscalização da regularidade do uso do solo urbano deverá observar as seguintes exigências previstas na Lei nº 6.766, de 1979:

 

 

a)  Lei municipal específica para área incluída no Plano Diretor poderá determinar o parcelamento compulsório do solo urbano não edificado, subutilizado ou não utilizado, devendo fixar as condições e os prazos para implementação da referida obrigação.

 

 

b)  Considera-se loteamento a subdivisão de gleba em lotes destinados a edificação, com abertura de novas vias de circulação, de logradouros públicos ou prolongamento, modificação ou ampliação das vias existentes.

 

 

c)  Os loteamentos deverão incluir áreas destinadas a sistemas de circulação, à implantação de equipamento urbano e comunitário, bem como a espaços livres de uso público, proporcionais à densidade de ocupação prevista pelo Plano Diretor ou aprovada por lei municipal para a zona em que se situem.

 

 

d)  O Poder Público poderá exigir, em cada loteamento, a reserva de faixa non aedificandi destinada a equipamentos públicos de abastecimento de água, serviços de esgotos, energia elétrica, coletas de águas pluviais, rede telefônica e gás canalizado.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 FUNDEP    Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPE MG) Nível Superior  Prova: Promotor de Justiça Substituto  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do plano diretor

 

prancheta

 

 

 


Q24953


 

Assinale a alternativa CORRETA:

 

 

a)  Todos os municípios que pretendam ampliar ou diminuir seu perímetro urbano ou rural necessitam, obrigatoriamente, do Plano Diretor para tal finalidade.

 

 

b)  O Plano Diretor é obrigatório para todos os municípios brasileiros, uma vez que se trata de instrumento de política urbana e sua ausência pode, em tese, ensejar ato de improbidade administrativa para o gestor público municipal.

 

 

c)  O município que, por força de lei, possua Plano Diretor poderá ampliar seu perímetro urbano, desde que elabore projeto específico que contemple, dentre outras situações, a inclusão de diretrizes e instrumentos específicos para proteção ambiental e do patrimônio histórico e cultural.

 

 

d)  Nenhuma das anteriores.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ PR) Nível Superior  Prova: Juiz de Direito Substituto  Direito Urbanístico Diretrizes Gerais, Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Da desapropriação com pagamento em títulos

 

prancheta

 

 

 


Q24644


 

No que se refere à incidência do direito ambiental sobre o meio urbano, assinale a opção correta.

 

a)  O zoneamento ambiental não é aplicável no planejamento municipal. 

 

 

b)  As áreas urbanas são regidas pelo Estatuto da Cidade, não se lhes aplicando o Código Florestal. 

 

 

c)  Apenas imóveis incluídos no plano diretor podem sofrer desapropriação-sanção pelo descumprimento de sua função social. 

 

 

d)  A usucapião especial de imóvel urbano poderá ser reconhecida judicialmente em relação a imóvel público.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do plano diretor

 

prancheta

 

 

 


Q21738


 

Considerando a jurisprudência majoritária e atual dos tribunais superiores, julgue o item subsequente.

Segundo o STF, a competência normativa municipal para a ocupação de espaços urbanos é mais ampla que o conteúdo aprovado no seu plano diretor. Assim, municípios com mais de vinte mil habitantes podem legislar sobre ordenamento urbano em outras leis, desde que compatíveis com diretrizes estabelecidas no plano diretor.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Parcelamento do solo urbano - Lei 6.766, de 19 de dezembro de 1979, Do projeto de desmembramento

 

prancheta

 

 

 


Q21737


 

A respeito de parcelamento do solo, impacto de vizinhança, regularização fundiária de interesse social, desapropriação e tombamento, julgue o item a seguir com base na legislação urbanística.

No âmbito do parcelamento do solo urbano, desmembramento corresponde à subdivisão de gleba em lotes destinados à edificação, com abertura de novas vias de circulação e criação de logradouros públicos.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Da desapropriação com pagamento em títulos

 

prancheta

 

 

 


Q21736


 

A respeito de parcelamento do solo, impacto de vizinhança, regularização fundiária de interesse social, desapropriação e tombamento, julgue o item a seguir com base na legislação urbanística.

Em se tratando de desapropriação por utilidade pública em que a imissão prévia na posse tenha se dado por ordem judicial e o ente expropriante tenha depositado em juízo o preço ofertado, é incabível o pagamento de juros compensatórios.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Concessão de uso especial para fins de moradia - Medida Provisória 2.220/2001

 

prancheta

 

 

 


Q21735


 

A respeito de parcelamento do solo, impacto de vizinhança, regularização fundiária de interesse social, desapropriação e tombamento, julgue o item a seguir com base na legislação urbanística.

Conforme a medida provisória que dispõe sobre a concessão de uso especial, o direito de concessão de uso especial para fins de moradia pode ser transferido para terceiros.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do estudo de impacto de vizinhança

 

prancheta

 

 

 


Q21734


 

A respeito de parcelamento do solo, impacto de vizinhança, regularização fundiária de interesse social, desapropriação e tombamento, julgue o item a seguir com base na legislação urbanística.

De acordo com o Estatuto da Cidade, o estudo prévio do impacto ambiental é peça obrigatória do estudo de impacto de vizinhança e as análises de uso e ocupação do solo e de adensamento populacional somente são obrigatórias para imóveis com área superior a um hectare.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Lei Orgânica, Plano Diretor Municipal, Legislação Municipal sobre Parcelamento do Solo, Posturas, Vigilância Sanitária e outras leis urbanísticas, Leis Municipais

 

prancheta

 

 

 


Q21733


 

Tendo como referência as normas do direito urbanístico, com destaque para as aplicáveis ao plano diretor, julgue o item que se segue.

O plano diretor da cidade de Fortaleza prevê a política de integração metropolitana, que inclui como diretriz a integração das políticas de habitação da capital às políticas de habitação dos municípios da região metropolitana.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Lei Orgânica, Plano Diretor Municipal, Legislação Municipal sobre Parcelamento do Solo, Posturas, Vigilância Sanitária e outras leis urbanísticas, Leis Municipais

 

prancheta

 

 

 


Q21732


 

Tendo como referência as normas do direito urbanístico, com destaque para as aplicáveis ao plano diretor, julgue o item que se segue.

O cumprimento da função social de propriedade urbana é verificado pelo atendimento às exigências fundamentais de ordenação da cidade, as quais são expressas no plano diretor, quando existir.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Lei Orgânica, Plano Diretor Municipal, Legislação Municipal sobre Parcelamento do Solo, Posturas, Vigilância Sanitária e outras leis urbanísticas, Leis Municipais

 

prancheta

 

 

 


Q21731


 

Tendo como referência as normas do direito urbanístico, com destaque para as aplicáveis ao plano diretor, julgue o item que se segue.

Apenas lei em sentido estrito pode limitar o direito de construir.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do direito de preempção

 

prancheta

 

 

 


Q21730


 

A respeito de política urbana, responsabilidade e licenciamento ambiental, julgue o item subsecutivo.

Caso tenha interesse em criar centro de saúde em imóvel urbano objeto de venda a título oneroso entre particulares, o município poderá exercer o direito de preempção.

 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 CESPE UnB    Prefeitura de Fortaleza Nível Superior  Prova: Procurador do Município  Direito Urbanístico Parcelamento do solo urbano - Lei 6.766, de 19 de dezembro de 1979, Da aprovação do projeto de loteamento e desmembramento

 

prancheta

 

 

 


Q21729


 

Com relação a direitos reais, parcelamento do solo urbano, locação e registros públicos, julgue o item seguinte.


Embora o município tenha o dever de fiscalizar para impedir a realização de loteamento irregular, ante a responsabilidade pelo uso e pela ocupação do solo urbano, a regularização está no âmbito da discricionariedade, conforme entendimento pacificado no STJ.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 VUNESP    Prefeitura de Mogi das Cruzes Nível Superior  Prova: Procurador Municipal  Direito Urbanístico Parcelamento do solo urbano - Lei 6.766, de 19 de dezembro de 1979, Da aprovação do projeto de loteamento e desmembramento

 

prancheta

 

 

 


Q21149


 

A aprovação de loteamento implica na

 

a)  necessária e obrigatória licença de construção.

 

 

b)  obrigação solidária do município nas obras de infraestrutura.

 

 

c)  possibilidade de que algum lote permaneça em mais de uma circunscrição imobiliária.

 

 

d)  exigência de área mínima de 250 m2.

 

 

e)  subdivisão das quadras em lotes, com as respectivas dimensões e numeração.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 VUNESP    Prefeitura de Andradina Nível Superior  Prova: Assistente Jurídico e Procurador Jurídico  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Do IPTU progressivo no tempo, Do direito de superfície

 

prancheta

 

 

 


Q20431


 

De acordo com a Lei no 10.257, de 10 de julho e 2001 (Estatuto da Cidade), assinale a alternativa correta.

 

a)  Nos limites legais, o direito de preempção confere ao Poder Público municipal preferência para aquisição de imóvel urbano objeto de alienação onerosa entre particulares.

 

 

b)  Antes do termo final do contrato não é possível extinguir-se o direito de superfície.

 

 

c)  A concessão do direito de superfície não poderá ser realizada de forma gratuita.

 

 

d)  O plano diretor não poderá, em nenhuma hipótese, fixar áreas nas quais o direito de construir possa ser exercido acima do coeficiente de aproveitamento básico adotado.

 

 

e)  Decorridos cinco anos de cobrança do IPTU progressivo sem que o proprietário tenha cumprido a obriga­ção de parcelamento, edificação ou utilização, o Município poderá proceder à desapropriação do imóvel, mediante depósito prévio do valor do bem.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2016 VUNESP    Ministério Público do Estado de São Paulo (MP SP) Nível Superior  Prova: Analista Técnico Científico - Arquiteto e Urbanista  Direito Urbanístico Das diretrizes para a regulação dos serviços de transporte público coletivo, Política Nacional de Mobilidade Urbana - Lei 12.587/2012

 

prancheta

 

 

 


Q31433


 

As situações descritas nas questões a seguir são hipotéticas.

Uma cidade paulista de porte médio vem fixando suas tarifas de transporte coletivo público com base nos preços praticados na Capital e irá reorganizar seus contratos e adequá-los ao marco legal vigente. Foi feita uma auditoria que apontou a existência de diferença a maior entre o valor monetário da tarifa de remuneração da prestação do serviço e a tarifa pública cobrada do usuário, isto é, de superavit tarifário. Dentro das diretrizes para a regulação dos serviços de transporte público coletivo que integram a Política Nacional de Mobilidade Urbana, estabelecida pela Lei Federal no 12.587/2012, determina-se que a receita decorrente desse superavit

 

a)  será necessariamente abatida do valor da tarifa, para atender a exigência de repasse ao usuário.

 

 

b)  reverterá para o Sistema de Mobilidade Urbana.

 

 

c)  será recolhida ao Tesouro Municipal, para livre utilização na execução das despesas públicas.

 

 

d)  caberá aos proprietários das empresas de transporte que prestam o serviço, dado que a operação é privada.

 

 

e)  reverterá para um fundo de compensação dos impactos ambientais causados pelo sistema.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2016 VUNESP    Ministério Público do Estado de São Paulo (MP SP) Nível Superior  Prova: Analista Técnico Científico - Arquiteto e Urbanista  Direito Urbanístico Do parcelamento, edificação ou utilização compulsórios, Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001

 

prancheta

 

 

 


Q31432


 

As situações descritas nas questões a seguir são hipotéticas.

Com vistas ao cumprimento da função social da propriedade, estabeleceram-se, em uma legislação municipal, parâmetros para a definição de terrenos ociosos ou subaproveitados. Nos termos do Estatuto da Cidade, essa definição corresponde à fixação de um valor mínimo para

 

a)  o Índice de Elevação.

 

 

b)  a Taxa de Ocupação.

 

 

c)  o Coeficiente de Aproveitamento.

 

 

d)  a Taxa de Permeabilidade.

 

 

e)  a Cota de Terreno por Unidade Autônoma.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2016 VUNESP    Ministério Público do Estado de São Paulo (MP SP) Nível Superior  Prova: Analista Técnico Científico - Arquiteto e Urbanista  Direito Urbanístico Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001, Das operações urbanas consorciadas

 

prancheta

 

 

 


Q31431


 

As situações descritas nas questões a seguir são hipotéticas.

Um município desenvolve Operação Urbana Consorciada e emitirá, para custear a intervenção, Certificados de Potencial Adicional de Construção (CEPACs), a serem adquiridos como contrapartida de proprietários, usuários permanentes e investidores privados em função da utilização dos benefícios previstos. O planejamento da Operação identificou a necessidade de reassentamento de famílias de baixa renda que ocupam áreas em que se preveem obras da Operação. A utilização dos recursos de CEPACs para construção das unidades habitacionais necessárias para esse trabalho de reassentamento é, nos termos da Lei no 10.257/2001,

 

a)  permitida, porém a área de reassentamento deve localizar-se dentro do perímetro da Operação.

 

 

b)  permitida, se demonstrado que o reassentamento é parte da Operação.

 

 

c)  proibida, devendo os recursos serem custeados pelo Programa Minha Casa Minha Vida.

 

 

d)  proibida, devendo os recursos entrar como contrapartida do Município na Operação.

 

 

e)  proibida, em função da garantia do direito à moradia, devendo ser adotada solução que não implique remoções.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2016 FUNDATEC    Prefeitura de Porto Alegre Nível Superior  Prova: Procurador Municipal - Bloco II e III  Direito Urbanístico Dos instrumentos em geral, Estatuto da Cidade - Lei 10.257/2001

 

prancheta

 

 

 


Q22348


 

De acordo com a Lei nº 10.257/01 – Estatuto da Cidade, em se tratando de ampliação de perímetro urbano municipal, analise as assertivas abaixo:

I. Os Municípios deverão elaborar projeto específico que contenha, no mínimo, demarcação do novo perímetro urbano, entre outros requisitos estabelecidos em lei.

II. O projeto específico de ampliação do perímetro urbano deverá ser instituído por lei municipal e só será cabível quando atender às diretrizes do plano diretor.

III. Quando o plano diretor contemplar as exigências estabelecidas no Estatuto das Cidades, o Município ficará dispensado da elaboração do projeto específico.

Quais estão corretas?

 

 

a)  Apenas I.

 

 

b)  Apenas II.

 

 

c)  Apenas III.

 

 

d)  Apenas I e III.

 

 

e)  Apenas II e III.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

 

 

Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

 

 

 

 

 

» Deseja alguma disciplina específica - escreva-nos!

 

» Se souber o resultado - resolva a questão (clique em comentários) - isso o ajudará a fixar melhor o assunto. A comunidade concurseira agradece!

 

 

»Veja outras Questões

 

 

 

 

Treinamento de Serviço Social

»Conhença as organizadoras de concursos

 

 

 

 

treinamento com questões de raciocínio lógico