Apostilas para concursos 2018

54.251 Questões

14.341 vagas em concursos

 

 

Domingo, 16 de Dezembro de 2018.

 

IGD-RH | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Franco Da Rocha (SP) abre concurso para 62 vagas

INCP | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Hospital Municipal Dr Munir Rafful (HMMR), de Volta Redonda(RJ), abre seleção para 330 vagas

NC-UFPR | Níveis Médio e Superior

» Itaipu Binacional (PR) abre concurso para 23 vagas

 

VUNESP | Nível Médio| Provas Objetivas em 10/02/2019

» Secretaria de Educação de São Paulo abre concurso para 167 vagas

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

 

 

 

Questões de Estatuto da Pessoa com Deficiência 2018

 

 

Questões para Praticar

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Existe um tempo para melhorar, para se preparar e planejar; igualmente existe um tempo para partir para a ação.

Almyr Klink.

 

 

 

Q53728


prancheta

 


Ano: 2018 FGV - Fundação Getúlio Vargas    Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Nível Superior  Prova: Exame de Ordem Unificado - XXVII - Primeira Fase  Estatuto da Pessoa com Deficiência Direitos Fundamentais , Direito à Educação

 

 

 

 


 

Maria e João são pais de uma criança deficiente que utiliza cadeira de rodas. O casal, de classe média, optou por matricular o filho em uma escola particular. No ato da matrícula, foi-lhes informado, pela administração da escola, que teriam de pagar um valor adicional, uma vez que haveria um trabalho extraordinário, por parte da escola, para garantir o acesso dessa criança com deficiência, em igualdade de condições, a jogos e a atividades recreativas, esportivas e de lazer, no sistema escolar.

Insatisfeitos com essa informação, Maria e João decidiram consultar você, como advogado(a), para saber se tal cobrança seria legalmente aceitável e se não haveria alguma proteção específica para pessoas com deficiência contra esse tipo de cobrança.



Diante disso, assinale a opção que apresenta a resposta correta a ser dada ao casal. 

 

a)  A cobrança é aceitável e justificada, mesmo que desagrade ao casal, porque, de fato, a criança cadeirante precisará de atenção especial e ajuda para sua mobilidade. Nada na legislação pátria impede tal cobrança. A solução seria a matrícula da criança em uma escola pública. 

 

 

b)  A cobrança do valor adicional na matrícula é moralmente reprovável, pois expressa um tipo de preconceito. Contudo, do ponto de vista estritamente legal, o caso se situa no campo da liberdade contratual das partes, não havendo vedação legal a tal cobrança. 

 

 

c)  A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência admite esse tipo de cobrança, uma vez que reconhece o trabalho adicional a ser feito nas escolas, contudo prevê que as famílias hipossuficientes sejam isentadas dessa cobrança, sendo devido à escola uma compensação tributária. 

 

 

d)  A escola particular deve adotar as medidas inclusivas previstas na lei, tais como garantir o acesso da criança com deficiência, em igualdade de condições, a jogos e a atividades recreativas, sendo vedada a cobrança de valores adicionais de qualquer natureza em suas anuidades, no cumprimento dessas medidas. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q50993


prancheta

 


Ano: 2018 FCC    Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15) Nível Superior  Prova: Analista Judiciário - Psicólogo  Estatuto da Pessoa com Deficiência Lei nº 10.048 de 2000, Lei nº 10.098 de 2000 e Decreto nº 5.296 de 2004: Acessibilidade e Atendimento Prioritário, Legislação das Pessoas com Deficiência

 

 

 

 


 

De acordo com a Lei n° 10.098/2000, o planejamento e a urbanização das vias públicas, dos parques e dos demais espaços de uso público deverão ser concebidos e executados de forma a torná-los acessíveis para todas as pessoas, inclusive para aquelas com deficiência ou com mobilidade reduzida. O passeio público, elemento 

 

a)  facultativo de urbanização e parte da via pública, necessariamente segregado e em nível diferente, destina-se à circulação de pedestres e à implantação de mobiliário urbano e de vegetação.

 

 

b)  obrigatório de urbanização e parte da via pública, necessariamente segregado e em nível diferente, destina-se à circulação de pedestres e à implantação de mobiliário urbano e de vegetação.

 

 

c)  facultativo de urbanização e não integrante da via pública, normalmente segregado e em nível diferente, destina-se somente à circulação de pedestres e, quando possível, à implantação de mobiliário urbano e de vegetação. 

 

 

d)  obrigatório de urbanização e parte da via pública, normalmente segregado e em nível diferente, destina-se somente à circulação de pedestres e, quando possível, à implantação de mobiliário urbano e de vegetação

 

 

e)  obrigatório de urbanização e não integrante da via pública, normalmente segregado e em nível diferente, destina-se à circulação de pedestres e à implantação de mobiliário urbano e de vegetação.

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q50992


prancheta

 


Ano: 2018 FCC    Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15) Nível Superior  Prova: Analista Judiciário - Psicólogo  Estatuto da Pessoa com Deficiência Lei nº 10.048 de 2000, Lei nº 10.098 de 2000 e Decreto nº 5.296 de 2004: Acessibilidade e Atendimento Prioritário, Legislação das Pessoas com Deficiência

 

 

 

 


 

Para fins de aplicação da Lei nº 13.146/2015, as barreiras existentes nos edifícios públicos ou privados são barreiras 

 

a)  urbanísticas. 

 

 

b)  arquitetônicas. 

 

 

c)  atitudinais.

 

 

d)  materiais imperfeitas. 

 

 

e)  informais de espaço. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q50761


prancheta

 


Ano: 2018 FCC    Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2) Nível Superior  Prova: Analista Judiciário - Serviço Social  Estatuto da Pessoa com Deficiência Lei nº 10.048 de 2000, Lei nº 10.098 de 2000 e Decreto nº 5.296 de 2004: Acessibilidade e Atendimento Prioritário, Legislação das Pessoas com Deficiência

 

 

 

 


 

Segundo o previsto no Decreto n° 5.296/2004, nos serviços de emergência dos estabelecimentos públicos e privados de atendimento à saúde, a prioridade de atendimento da pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida 

 

a)  fica condicionada ao pedido expresso da pessoa com deficiência ao ser registrada sua solicitação de atendimento no serviço de saúde. 

 

 

b)  não está condicionada a qualquer avaliação, devendo ser observada. 

 

 

c)  fica condicionada à avaliação do corpo de enfermagem responsável pelo atendimento inicial, que considerará as outras prioridades legais a serem atendidas na mesma oportunidade. 

 

 

d)  não deve ser observada nos serviços de urgência ou emergência médica. 

 

 

e)  fica condicionada à avaliação médica em face da gravidade dos casos a atender. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q50760


prancheta

 


Ano: 2018 FCC    Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2) Nível Superior  Prova: Analista Judiciário - Serviço Social  Estatuto da Pessoa com Deficiência Igualdade, Não-Discriminação e Atendimento Prioritário

 

 

 

 


 

Segundo expressamente previsto pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência, a avaliação da deficiência, quando necessária, será biopsicossocial, realizada por equipe multiprofissional e interdisciplinar e considerará 

 

a)  o histórico psiquiátrico; a pontuação em testes cognitivos; os impedimentos, as funções e nas estruturas do corpo e as relações familiares e o respaldo efetivo recebido do núcleo familiar. 

 

 

b)  a restrição de participação da pessoa avaliada; os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo; as relações familiares e o respaldo efetivo recebido do núcleo familiar e o histórico psiquiátrico. 

 

 

c)  a limitação no desempenho de atividades; os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo; os fatores socioambientais, psicológicos e pessoais e a restrição de participação da pessoa avaliada. 

 

 

d)  o grau de inclusão social da pessoa avaliada em seu meio comunitário; a limitação no desempenho de atividades; a autossuficiência para sua manutenção e o histórico psiquiátrico. 

 

 

e)  os impedimentos nas funções e nas estruturas do corpo; os fatores socioambientais, psicológicos e pessoais; a pontuação em testes cognitivos e o grau de inclusão social da pessoa avaliada em seu meio comunitário.   

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q50759


prancheta

 


Ano: 2018 FCC    Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2) Nível Superior  Prova: Analista Judiciário - Serviço Social  Estatuto da Pessoa com Deficiência Direitos Fundamentais , Direito à Habilitação e à Reabilitação

 

 

 

 


 

O desenvolvimento de potencialidades, talentos, habilidades e aptidões físicas, cognitivas, sensoriais, psicossociais, atitudinais, profissionais e artísticas que contribuem para a conquista da autonomia da pessoa com deficiência e de sua participação social em igualdade de condições e oportunidades com as demais pessoas, segundo previsto pela Lei n° 13.146/2015, é o objetivo do processo de 

 

a)  recuperação da saúde. 

 

 

b)  inclusão social. 

 

 

c)  não discriminação da pessoa com deficiência. 

 

 

d)  habilitação e reabilitação. 

 

 

e)  terapia comportamental. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q48700


prancheta

 


Ano: 2018 CESPE UnB    Superior Tribunal Militar (STM) Nível Médio  Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa  Estatuto da Pessoa com Deficiência Direitos Fundamentais , Direito à Saúde

 

 

 

 


 

Considerando o disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência e na Resolução CNJ n.º 230/2016, julgue o item a seguir.

Os serviços de saúde pública destinados a pessoas com deficiência devem assegurar atendimento psicológico, inclusive para os seus familiares.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q48699


prancheta

 


Ano: 2018 CESPE UnB    Superior Tribunal Militar (STM) Nível Médio  Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa  Estatuto da Pessoa com Deficiência Igualdade, Não-Discriminação e Atendimento Prioritário

 

 

 

 


 

Considerando o disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência e na Resolução CNJ n.º 230/2016, julgue o item a seguir.

A deficiência afeta a plena capacidade civil da pessoa, inclusive para o exercício do direito à adoção.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q48698


prancheta

 


Ano: 2018 CESPE UnB    Superior Tribunal Militar (STM) Nível Médio  Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa  Estatuto da Pessoa com Deficiência Direitos Fundamentais , Direito ao Trabalho

 

 

 

 


 

Considerando o disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência e na Resolução CNJ n.º 230/2016, julgue o item a seguir.

A colocação competitiva da pessoa com deficiência em igualdade de oportunidade com as demais pessoas no seu local de trabalho constitui uma forma de discriminação e exclusão.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Q48697


prancheta

 


Ano: 2018 CESPE UnB    Superior Tribunal Militar (STM) Nível Médio  Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa  Estatuto da Pessoa com Deficiência Direitos Fundamentais , Direito à Saúde

 

 

 

 


 

Considerando o disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência e na Resolução CNJ n.º 230/2016, julgue o item a seguir.



Nos serviços de emergência, o direito da pessoa com deficiência a receber atendimento prioritário será condicionado aos protocolos de atendimento médico. 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

 

 

Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

 

 

 

 

 

» Deseja alguma disciplina específica - escreva-nos!

 

» Se souber o resultado - resolva a questão (clique em comentários) - isso o ajudará a fixar melhor o assunto. A comunidade concurseira agradece!

 

 

»Veja outras Questões

 

 

 

 

»Conhença as organizadoras de concursos

 

 

 

 

Deixe aqui seu comentário (com o número da Questão):

 

 

 

 

 

 

Wildcard SSL Certificates