Apostilas para concursos 2018

47.495 Questões

17.579 vagas em concursos

 

 

Quinta-Feira, 16 de Agosto de 2018.

UPENET | Níveis Médio e Superior de Escolaridade

» Polícia Militar de Pernambuco (PM PE) abre concurso para 580 vagas

 

CKM | Nível Médio

» Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (SEE SP) abre concurso para 1.495 vagas

FUNDEP | Nível Médio

» Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais (CBM MG) abre concurso para 500 vagas

Instituto AOCP | Nível Médio

» Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PM ES) abre concurso para 417 vagas

 

Concursos da Vunesp

UECE | Nível Superior| Professor de várias disciplinas

» Secretaria de Educação do Ceará abre concurso para 2.500 vagas

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

 

 

 

Treinamento Soldado PM PE

Questões de História 2018

 

 

Questões para Praticar

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã.

Victor Hugo

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História

 

prancheta

 

 

 


Q47388


 

 “O Colégio Eleitoral, agora constituído de forma regular, detém poder político incontestável para cumprir o seu mandato. A campanha para suprimi-lo constitui audaciosa tentativa política para contornar poder legitimamente adquirido nos termos da Constituição vigente. Defender o Colégio Eleitoral contra essa investida intempestiva é um dever que é meu, que é do governo, que é de todos os parlamentares que o apoiam. Cumpre conter a ofensiva desencadeada contra regras do jogo aceitas para eleição do meu sucessor”. Presidente João Figueiredo, em pronunciamento à nação, em 16 de abril de 1984.

(Rodrigues, A. T O grito preso na garganta.São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2003. Adaptado)



Em seu pronunciamento, Figueiredo critica

 

a)  o movimento das Diretas Já. 

 

 

b)  a fundação de partidos como PT e PDT.

 

 

c)  a candidatura presidencial de Tancredo Neves.

 

 

d)  os comitês de luta pela anistia.

 

 

e)  a organização da luta contra a carestia.

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História

 

prancheta

 

 

 


Q47387


 

Em agosto de 1969, o Presidente Costa e Silva sofreu grave ataque cardíaco. Seguiu-se uma intensa luta pelo poder, em torno da sucessão. Segundo a Constituição de 1967, então em vigência, o Vice-Presidente Pedro Aleixo deveria suceder imediatamente ao presidente, em caso de morte ou incapacidade deste para os deveres do cargo. Mas Pedro Aleixo opusera-se abertamente ao AI-5, não servindo, portanto, aos propósitos das forças armadas que controlavam o Estado. O Alto Comando das Forças Armadas, dotado de poderes extraordinários, concluiu que “a solução constitucional não era viável”, decidindo que a presidência seria exercida por uma junta pelos ministros do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

(Alves, M. H. M. Estado e oposição no Brasil:1964-1984. Bauru: Edusc, 2005. Adaptado)

A crise sucessória de Costa e Silva evidencia

 

a)  a estabilidade política que marcou o país no período, garantida por meio de acordos dos militares com a oposição civil. 

 

 

b)  o compromisso reiterado dos militares com a perspectiva de abertura política, ainda que os movimentos de oposição tenham impedido esse processo.

 

 

c)  a importância que a interlocução com os civis sempre teve para os militares, em especial nas eleições e nas sucessões presidenciais. 

 

 

d)  o caráter autoritário e politicamente instável do regime militar, na medida em que a própria Constituição de 1967 estava sendo desrespeitada. 

 

 

e)  o cumprimento da lei pelos militares, de tal forma que todos os trâmites legais fossem observados nos contextos eleitorais.

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História

 

prancheta

 

 

 


Q47386


 

Ainda hoje, as interpretações mais difundidas, embora reconheçam a inequívoca vocação democrática da Constituição de 1946, sublinham suas limitações e sua incidência sobre aquilo que consideram ser a fragilidade da experiência democrática brasileira nesse período.

(Schwarcz, L. M.; Starling, H. M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015. Adaptado)



Entre as limitações citadas no trecho, é correto identificar

 

a)  a exclusão do voto feminino.

 

 

b)  a manutenção do voto censitário.

 

 

c)  a proibição de manifestações de rua. 

 

 

d)  a inexistência do direito ao habeas corpus.

 

 

e)  a exclusão do direito de voto aos analfabetos. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História

 

prancheta

 

 

 


Q47385


 

No Brasil pós 1930, a relação entre intelectuais e os valores autoritários que emanavam do Estado não deve ser vista como passiva, com homens letrados e artistas “bem-intencionados” tornando-se vítimas das manipulações de políticos espertalhões. As soluções autoritárias para a “questão nacional” ou para o campo cultural, sobretudo aquelas que envolviam a educação das massas e a imposição de valores nacionalistas às elites regionais, eram compartilhadas por vários intelectuais ideologicamente distintos entre si, como liberais, fascistas, católicos e positivistas.

(Napolitano, M. História do Brasil República: da queda da Monarquia ao fim do Estado Novo. São Paulo: Contexto, 2016. Adaptado)



À época, os intelectuais passaram a ver no Estado

 

a)  um agente de efetivação de um projeto politicamente descentralizado, em que prevalecesse a autonomia dos estados.

 

 

b)  um meio para construir os valores da “brasilidade”, forjando uma nação integrada que unisse elites e classes populares. 

 

 

c)  um potencializador das práticas econômicas e sociais rurais, evitando choques oriundos da industrialização e da urbanização.

 

 

d)  um mecanismo de reafirmação da identidade religiosa católica brasileira, em detrimento de outras crenças e religiões.

 

 

e)  uma forma de afirmação de um ideal racista, voltado para a defesa da cultura popular e das políticas de branqueamento. 

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História Guerra Fria

 

prancheta

 

 

 


Q47384


 

a Guiné, Moçambique e Angola, os movimentos de libertação sempre fizeram cuidadosa distinção entre o povo português, que os apoiava, e o governo ditatorial que estava tentando esmagá-los. Desde o início, tais movimentos temeram que uma revolução política na África portuguesa ainda pudesse deixá-los na condição de dependência neocolonial de Lisboa e dos interesses econômicos europeus aos quais Lisboa estava ligada e pelos quais às vezes atuava como agente. Por isso, a emergência de ideias “terceiro-mundistas” no seio das forças armadas portuguesas foram observadas com grande interesse pelos movimentos marxistas na África.

(Maxwell, K. O Império derrotado: revolução e democracia em Portugal. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. Adaptado)

O trecho citado evidencia o fato de que, no contexto da Guerra Fria, havia forte associação entre

 

a)  o nacionalismo conservador e a luta pela autodeterminação dos povos. 

 

 

b)  o terceiro-mundismo e os ideais e valores associados ao bloco capitalista.

 

 

c)  as lutas anti-coloniais e a defesa de vínculos identitários com a metrópole.

 

 

d)  as lutas socialistas e os processos de descolonização e libertação nacional.

 

 

e)  os princípios democráticos liberais e o anti-autoritarismo comunista.

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 VUNESP    Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) Nível Médio  Prova: Soldado da Polícia Militar  História Primeira Guerra Mundial

 

prancheta

 

 

 


Q47383


 

Analise os dois materiais a seguir para responder à questão. 

Material 1

questões de concursos Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) 2018

Mapa da ferrovia Berlim-Bagdá em 1914

Traço contínuo: ferrovia já construída

Linha tracejada: ferrovia em construção

Material 2

A Primeira Guerra Mundial envolveu vários países, mas representou, principalmente, o confronto entre quatro potências: França, Inglaterra, Rússia, de um lado, e a Alemanha, do outro.

(MOTTA, M. M. M. “A Primeira Grande Guerra”. Em: REIS FILHO, D. A.; FERREIRA, J.; ZENHA, C. O século X X v. 1. - O tempo das certezas: da formação do capitalismo à Primeira Grande Guerra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006. Adaptado)

A análise dos materiais permite concluir que uma das causas da Primeira Guerra Mundial foi 

 

a)  a invasão e o domínio do Império Turco Otomano pelos alemães entre o final do século XIX e o início do século XX, o que contrariou os interesses do Império Britânico, principal aliado otomano. 

 

 

b)  o controle direto exercido pelo Império Alemão sobre os Bálcãs, o que intensificou a revolta nacionalista dos povos eslavos da região, especialmente sérvios e búlgaros, contrários à Tríplice Aliança. 

 

 

c)  a presença alemã na região dos Bálcãs, o que ameaçava diretamente os interesses russos e austro-húngaros na região, aliados que pretendiam controlar a navegação entre o Mediterrâneo e o Mar Negro.

 

 

d)  a aliança entre o Império Russo e o Império Turco Otomano, o que contrariava os interesses alemães e austro-húngaros nos Bálcãs e no Mediterrâneo oriental, agravando as tensões na região.

 

 

e)  o expansionismo germânico em direção à Península Balcânica e ao Oriente Médio, com o objetivo de facilitar o acesso ao petróleo do Golfo Pérsico e aos territórios coloniais na África oriental.

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 CESPE UnB    Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) Nível Superior  Prova: Oficial de Inteligência  História Guerra Fria e seus desdobramentos, História Geral

 

prancheta

 

 

 


Q41677


 

Com relação à nova ordem mundial instituída ao fim da Segunda Guerra Mundial, julgue o item subsequente.

A Guerra Fria iniciou-se na década de 50 do século XX, a partir do antagonismo entre os Estados Unidos da América e a União Soviética quanto à reunificação das duas Coreias.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 CESPE UnB    Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) Nível Superior  Prova: Oficial de Inteligência  História Segunda Grande Guerra – 1939-1945, Guerra Fria e seus desdobramentos, História Geral

 

prancheta

 

 

 


Q41676


 

Com relação à nova ordem mundial instituída ao fim da Segunda Guerra Mundial, julgue o item subsequente.

A invasão da Tchecoslováquia, em 1968, pelas tropas do Pacto de Varsóvia evidenciou a crise então vivenciada pelo sistema socialista.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 CESPE UnB    Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) Nível Superior  Prova: Oficial de Inteligência  História Segunda Grande Guerra – 1939-1945, Guerra Fria e seus desdobramentos, História Geral

 

prancheta

 

 

 


Q41675


 

Com relação à nova ordem mundial instituída ao fim da Segunda Guerra Mundial, julgue o item subsequente.

Após a Segunda Guerra Mundial, levantes populares em vários países da Europa Oriental instalaram regimes socialistas que se aliaram à União Soviética, compondo o Pacto de Varsóvia.

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

Ano: 2018 CESPE UnB    Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) Nível Superior  Prova: Oficial de Inteligência  História Trinta anos de ouro: expansão do socialismo ( 1945- 1975), História Geral

 

prancheta

 

 

 


Q41674


» Texto Associado

 

A partir do fragmento de texto precedente, que tem caráter unicamente motivador, julgue o próximo item.

Em seu testamento político, Lênin nomeou Josef Stálin como seu sucessor à frente do Partido Comunista Soviético por considerá-lo o indivíduo capaz de dar continuidade ao combate ao “chauvinismo grã-russo”. 

 

(C) Certo

 

 

(E) Errado

 

 

resolver    |     Comente a questão no final dessa página:

 

 

 

 

 

Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

 

 

 

 

 

» Deseja alguma disciplina específica - escreva-nos!

 

» Se souber o resultado - resolva a questão (clique em comentários) - isso o ajudará a fixar melhor o assunto. A comunidade concurseira agradece!

 

 

»Veja outras Questões

 

 

 

 

»Conhença as organizadoras de concursos

 

 

 

 

Deixe aqui seu comentário (com o número da Questão):

 

 

 

 

 

 

Wildcard SSL Certificates