Apostilas para concursos 2017

34.697 Questões

17.066 vagas em concursos

 

 

Domingo, 19 de Novembro de 2017.

IDIB | Níveis Fundamental, Médio e Superior de Escolaridade

» Prefeitura de Senador Sá (CE) abre concurso para 79 vagas

 

FAFIPA | Níveis Médio e Superior

» Prefeitura de Mato Rico (PR) abre concurso para 21 vagas

CURSIVA | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Treze Tílias (SC) abre concurso para 96 vagas

IVIN | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Ipixuna Do Pará (PA) abre concurso para 440 vagas

 

Concursos da Vunesp

IADES | Níveis Médio e Superior| Salários de até R$ 4.903,05

» Correios abrem concurso para 88 vagas

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

Material de estudo para concursos

 

Enem teoria e exercícios

 

Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)-EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )
Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM)
EXAME NACIONAL DE ENSINO MÉDIO - ENEM ( 4 Volumes )

 

 

 

 

treinamento com questões de raciocínio lógico

Questões de Medicina 2017

 

 

Questões para Praticar

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Se você está procurando uma grande oportunidade, descubra um grande problema.

Martinho Lutero

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Ginecologia e Obstetrícia

 

prancheta

 

 

 


Q31502


 

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) representa a principal causa de anovulação crônica diagnosticável. Com base no consenso de Rotterdam ESHRE/ASRM (2004), a SOP pode ser definida pela presença de pelo menos dois critérios em pacientes com idade ≥ 19 anos:  

 

a)  Amenorreria e hiperandrogenismo. 

 

 

b)  Síndrome de Cushing e irregularidade menstrual.

 

 

c)  Obesidade e dosagem de gonadotrofinas elevadas. 

 

 

d)  Ultrassonografia com ovário de volume ≥ 8cm3 e ≥ 10 folículos periféricos.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Ginecologia e Obstetrícia

 

prancheta

 

 

 


Q31501


 

A leucorreia consiste no aumento do fluxo vaginal que pode estar associado ou não a sintomas e possui como causa frequente a vaginose bacteriana que pode ser caracterizada por  

 

a)  redução do pH vaginal. 

 

 

b)  aumento dos bacilos de Doderlein.  

 

 

c)  processo inflamatório importante.  

 

 

d)  exagerada proliferação dos anaeróbios vaginais.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Ginecologia e Obstetrícia

 

prancheta

 

 

 


Q31500


 

Considerando-se a fisiopatologia do climatério, pode-se afirmar: 

 

a)  As inibinas têm a função de suprimir as secreções hipofisárias do LH.  

 

 

b)  O ovário pós-menopáusico interrompe a produção de testosterona.  

 

 

c)  A redução do hormônio antimülleriano está associada à proximidade da menopausa.  

 

 

d)  O principal estrogênio na pós-menopausa é o estradiol. 

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Ginecologia e Obstetrícia

 

prancheta

 

 

 


Q31499


 

Em relação à duração do ciclo menstrual, pode-se afirmar que o principal determinante é:  

 

a)  a duração do pico de LH no período ovulatório.  

 

 

b)  a variação na duração da fase folicular.  

 

 

c)  a ação das prostaglandinas na ruptura da parede folicular. 

 

 

d)  a queda da progesterona no final do ciclo.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Pneumologia

 

prancheta

 

 

 


Q31498


 

Sobre as orientações brasileiras para doença pulmonar obstrutiva crônica, considere:

I - Recomenda-se a realização da espirometria para detecção de casos da DPOC apenas na população igual ou acima de 60 anos de idade, exposta a tabagismo e/ou à fumaça de lenha, com ou sem sintomas respiratórios.

II - Há alta evidência de que a eficácia de agentes muscarínicos de ação prolongada em monoterapia é semelhante à da terapia combinada de agentes beta-2 agonistas de ação prolongada com corticosteroide inalado para melhora da dispneia, qualidade de vida e função pulmonar.

III - Existe atualmente forte recomendação a favor do uso de corticosteroides sistêmicos orais em exacerbações que requerem tratamento ambulatorial ou hospitalar.

IV - Há forte evidência a favor do uso de vacinas com lisados bacterianos orais para todo paciente com DPOC.

São orientações corretas:

 

a)  I, II e IV, apenas.  

 

 

b)  III e IV, apenas.  

 

 

c)  I, III e IV, apenas.  

 

 

d)  II e III, apenas.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Gastroenterologia

 

prancheta

 

 

 


Q31497


 

Acerca da terapêutica estabelecida pelo I Consenso Brasileiro de Doença do Refluxo Gastroesofágico, analise as afirmativas.

I - A identificação endoscópica da esofagite indica a utilização de medicamento inibidor da bomba de prótons, embora não haja consenso quanto à dose a ser empregada.

II - Moderar a ingestão de alimentos tais como cítricos, café, bebidas alcoólicas e ou gasosas, menta, hortelã, tomate faz parte das medidas comportamentais para redução dos sintomas.

III - Os medicamentos procinéticos têm a propriedade de retardar o esvaziamento gástrico e fazer relaxamento transitório do esfíncter inferior do esôfago.

Estão corretas as afirmativas  

 

a)  I e II, apenas. 

 

 

b)  II e III, apenas.  

 

 

c)  I e III, apenas.  

 

 

d)  I, II e III.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Clínica Médica

 

prancheta

 

 

 


Q31496


 

Sr. José, 57 anos, comparece à consulta com queixas de leve ardência na boca. O quadro iniciou há cerca de três meses e vem piorando progressivamente. Sem qualquer outro sintoma. O exame físico revela apenas palidez de mucosas. Na consulta de retorno, traz hemograma que mostra hematócrito de 22,4%, hemoglobina de 7,4 g/dL, VCM de 124 fL. Na hematoscopia, há descrição de hipersegmentação de neutrófilos. O manejo clínico correto desse paciente deverá incluir, primeiramente: 

 

a)  Transfusão de concentrado de hemácias.  

 

 

b)  Endoscopia digestiva alta, para avaliar lesão perdedora de sangue.  

 

 

c)  Dosagem de vitamina B12.

 

 

d)  Mielograma, pelo alto risco de mielodisplasia e doenças infiltrativas de medula nessa faixa etária. 

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Doenças Infecto-Parasitárias, Legislação da Saúde. SUS.

 

prancheta

 

 

 


Q31495


 

Sobre as diretrizes para vigilância, atenção e eliminação da hanseníase, como problema de saúde pública no Brasil, propostas em 2016 pelo Ministério da Saúde, analise as afirmativas.

I - Pacientes com menos de cinco lesões de pele são classificados como paucibacilares e com cinco ou mais lesões como multibacilares.

II - Casos com mais de um nervo comprometido devem ser tratados como multibacilares, independente do resultado da baciloscopia e da situação de envolvimento cutâneo.

III - O controle da doença é considerado bom quando a proporção de casos novos de hanseníase com grau de incapacidade física avaliado no diagnóstico é igual ou maior que 90%.

IV - Contatos familiares recentes ou antigos de pacientes com as formas multibacilar e paucibacilar devem ser examinados, independente do tempo de convívio com o caso.

Está correto o que se afirma em  

 

a)  I e IV, apenas. 

 

 

b)  II, III e IV, apenas.  

 

 

c)  II e III, apenas.  

 

 

d)  I, II, III e IV.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Doenças Infecto-Parasitárias

 

prancheta

 

 

 


Q31494


 

Sobre o tratamento da tuberculose no Brasil, analise as afirmativas.

I - O esquema com RIPE (RHZE) pode ser administrado a gestantes nas doses habituais, porém há risco de toxicidade neurológica no recém-nascido, devido à isoniazida.

II - Pacientes inicialmente bacilíferos deverão ter pelo menos uma baciloscopia negativa, no quarto mês de tratamento, para comprovar a cura da tuberculose.

III - As reações adversas mais frequentes ao esquema básico de tratamento são a icterícia, a artralgia e a neuropatia periférica.

IV - O tratamento pode ser prolongado a 9 meses para pacientes com baciloscopia de escarro negativa e evolução clinicorradiológica insatisfatória.

Está correto o que se afirma em

 

a)  I, II e III, apenas.  

 

 

b)  I e IV, apenas.  

 

 

c)  II e III, apenas.  

 

 

d)  I, II, III e IV.

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Clínica Médica

 

prancheta

 

 

 


Q31493


 

Paciente feminina de 66 anos, hipertensa e diabética, faz uso de hidroclorotiazida 25 mg, enalapril 20 mg e espironolactona 25 mg, todos pela manhã. Além disso, ela é medicada com metformina 850 mg, 3 vezes por dia. A taxa de filtração glomerular pelo método Cockcroft-Gault resultou em 40 mL/min. Qual medicamento deve ter sua dose reduzida para essa paciente?  

 

a)  Enalapril

 

 

b)  Metformina

 

 

c)  Hidroclorotiazida  

 

 

d)  Espironolactona 

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Clínica Médica

 

prancheta

 

 

 


Q31492


 

Homem de 60 anos, pedreiro, procura o médico dizendo que sempre teve boa saúde e que não costuma procurar médicos por coisas simples. Há 3 semanas, porém, vem apresentando dor sufocante no peito, principalmente quando vai subir os andaimes, carregando a lata de argamassa. Relata que a dor alivia rapidamente se ele para um pouco “para respirar”. Diz ser hipertenso há 5 anos e afirma que nunca se esquece de tomar o medicamento. Nega etilismo, porém fuma 10 cigarros por dia há mais de 40 anos. Sobre a investigação do sintoma atual e manejo clínico desse paciente, assinale a afirmativa correta.  

 

a)  O uso de betabloqueadores é contraindicado, pois poderia diminuir o débito cardíaco e prejudicar o paciente em seu trabalho.  

 

 

b)  O teste ergométrico é o exame mais indicado para a investigação da dor desse paciente, independente do resultado do eletrocardiograma de repouso.  

 

 

c)  No diagnóstico diferencial desse paciente, as hipóteses de angina estável, esofagite, síndrome do pânico, espasmo do esôfago, síndrome de Tietze e transtornos psicossomáticos devem ser considerados. 

 

 

d)  Caso o teste de esforço apresente alterações eletrocardiográficas típicas de isquemia e dor induzida pelo esforço, a cintilografia do miocárdio deverá ser realizada em seguida, justificada por possível resultado falso positivo do teste ergométrico.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Clínica Médica

 

prancheta

 

 

 


Q31491


 

J.C.S., 23 anos, procura a Unidade Básica de Saúde por não ter conseguido ir trabalhar hoje, devido dor em todo o corpo, principalmente articular e muscular, associada à febre e mal-estar geral há dois dias. Apresenta ainda discreto exantema difuso e nega dor abdominal ou vômitos. Questionado sobre sangramentos, informou que na última higiene bucal observou discreto sangramento gengival ao escovar os dentes. Considerando que o município está em franca epidemia de dengue, o profissional médico que presta o atendimento presume que essa virose seja a causa dos sinais e sintomas de J.C.S. Sobre o raciocínio e manejo clínicos para esse paciente, assinale a afirmativa correta.

 

a)  Caso apresente sinais de alarme na ausência de sinais de choque, J.C.S. deve ser classificado no grupo C de gravidade da dengue e ser internado para observação e hidratação endovenosa imediata.  

 

 

b)  Por não apresentar sinais de alarme, mas ter prova do laço positiva, J.C.S. deve receber hidratação venosa até a obtenção dos resultados dos exames. 

 

 

c)  J.C.S. deve ser classificado no grupo A de gravidade e orientado a ingerir soro de reidratação oral à vontade.  

 

 

d)  Entre os exames laboratoriais importantes na avaliação inicial de J.C.S. estão o hemograma com contagem de plaquetas e a sorologia para dengue.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Gastroenterologia

 

prancheta

 

 

 


Q31490


 

NÃO é doença que pode causar hemorragia digestiva alta: 

 

a)  Síndrome de Mallory-Weiss.  

 

 

b)  Varizes de esôfago.  

 

 

c)  Neoplasia de esôfago.  

 

 

d)  Divertículo de Meckel.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Doenças Infecto-Parasitárias

 

prancheta

 

 

 


Q31489


 

Criança de 2 anos de idade foi mordida por um cachorro desconhecido (desaparecido). Chegou ao pronto atendimento 30 minutos após o trauma, apresentando uma ferida corto-contusa de 2,0 cm de extensão, sem ultrapassar a derme, em face lateral da coxa esquerda. Além de lavar com água e sabão a ferida, o esquema indicado para profilaxia de raiva é: 

 

a)  Iniciar imediatamente 5 doses de vacina antirrábica, administrando-se nos dias 0, 3, 7, 14 e 28.  

 

 

b)  Iniciar imediatamente 3 doses de vacina antirrábica nos dias 0, 7 e 14.  

 

 

c)  Iniciar imediatamente soro antirrábico no local da ferida e 5 doses de vacina antirrábica, administrandose nos dias 0, 3, 7, 14 e 28.

 

 

d)  Iniciar imediatamente soro antirrábico no local da ferida e 5 doses de vacina antirrábica, administrandose nos dias 0, 3, 7, 14 e 28. Fazer reforço vacinal 60 dias após a data do acidente. 

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Clínica Médica

 

prancheta

 

 

 


Q31488


 

Sobre cicatrização de feridas, marque V para as proposições verdadeiras e F para as falsas.

( ) O reparo de feridas é o esforço dos tecidos lesados para restaurar a função e a estrutura normais após um evento traumático, deixando cicatriz.

( ) A regeneração é a restauração perfeita da arquitetura do tecido preexistente na ausência de formação de cicatriz.

( ) A regeneração é encontrada no desenvolvimento embrionário, em determinados tecidos, como no fígado humano.

( ) A ferida crônica não evolui para a restauração da integridade funcional, podendo a ferida persistir na fase inflamatória durante o processo de cicatrização, não evoluindo para o fechamento da ferida.

Assinale a sequência correta.

 

a)  V, V, F, F  

 

 

b)  F, F, V, V 

 

 

c)  V, V, V, V  

 

 

d)  F, V, F, F  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Gastroenterologia, Doenças Infecto-Parasitárias

 

prancheta

 

 

 


Q31487


 

A Colite por Clostridium difficile é uma doença inflamatória causada por toxinas produzidas pela proliferação sem oposição da bactéria C. difficile. Essa doença pode ocorrer em pacientes cirúrgicos em sequência ao uso de antibacterianos. Pacientes podem evoluir com formas de apresentações clínicas leves (diarreia, cólica abdominal, anorexia) a casos graves (colite fulminante, sepse). No caso de um paciente com colite moderada, além de suspender o antibiótico causador, deve-se associar, por 14 dias:  

 

a)  Ciprofloxacina 500 mg via oral, de 12/12 horas.  

 

 

b)  Metronidazol 500 mg via oral, de 8/8 horas.  

 

 

c)  Sulfametoxazol 400 mg/Trimetoprima 80 mg via oral, de 12/12 horas.  

 

 

d)  Azatioprima 50 mg via oral, ao dia.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Endocrinologia

 

prancheta

 

 

 


Q31486


 

É considerado fator relacionado ao mau prognóstico na resposta endócrino-metabólica ao trauma:  

 

a)  Nível elevado de interleucina 6 (IL-6).  

 

 

b)  Valor normal de fator de necrose tumoral.  

 

 

c)  Nível elevado de T4 livre.

 

 

d)  Redução de radicais livres derivados do oxigênio.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Traumas, Envenenamentos e Acidentes

 

prancheta

 

 

 


Q31485


 

Paciente jovem com 70 kg, vítima de acidente de carro, com politraumatismo, ao exame físico, apresenta-se com FC: 110 batimentos cardíacos/min; FR: 28 incursos respiratórios/min, PAS: 110/80mmHg. Encontra-se ansioso. Está com dor abdominal discreta e leve defesa à palpação. Débito urinário de 25 mL/hora. Sua perda volêmica pode ser estimada  

 

a)  entre 1.500 e 2.000 mL.  

 

 

b)  acima de 2000 mL.  

 

 

c)  menos de 750mL.  

 

 

d)  entre 750 e 1.500 mL. 

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Traumas, Envenenamentos e Acidentes, Cirurgia Geral

 

prancheta

 

 

 


Q31484


 

Homem, 25 anos, chegou ao hospital por equipe especializada em socorro pré-hospitalar, vítima de acidente automobilístico com história, há 1 hora, de colisão lateral de alta energia (auto x auto). Apresenta na avaliação inicial Frequência Cardíca (FC): 85 batimentos/min; Frequência Respiratória (FR): 16 incursos/min; Pressão Arterial Sistêmica (PAS): 110×70 mmHg; Oximetria de Pulso (StO2): 96%; Vias Aéreas pérveas; Ausência de dor cervical; Murmúrio Vesicular audível em ambos Hemitórax sem Ruídos Adventícios; Glasgow de 15; Ferida Contusa em região frontal à esquerda, Ferida Contusa em antebraço esquerdo; Equimoses arroxeadas em região tóraco-abdominal à esquerda; dor à palpação em hipocôndrio esquerdo. O exame tomográfico de abdome demonstrou hematoma subcapsular no baço, não expansivo, comprometendo 10% da superfície. Referente ao paciente acima, analise as afirmativas.

I - O tratamento conservador da lesão do baço pode ser indicado desde que o paciente permaneça estável hemodinamicamente.

II - O paciente pode apresentar lesão traumática em cauda do pâncreas e do intestino delgado.

III - São complicações do tratamento conservador de lesão esplênica: pseudoaneurismas, cistos e abscessos esplênicos.

IV - A lesão grau II citada é definida também como hematoma em mais de 50% na área superficial ou em expansão, laceração maior que 3 cm de profundidade.

Estão corretas as afirmativas 

 

a)  I, II e IV, apenas.  

 

 

b)  I, II e III, apenas.  

 

 

c)  III e IV, apenas.  

 

 

d)  I, II, III e IV.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Ano: 2017 UFMT - CCEV    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Nível Superior  Prova: Medico  Medicina Cirurgia Geral

 

prancheta

 

 

 


Q31483


 

Paciente de 55 anos, com quadro de abdome agudo e sepse. Realizou Tomografia Computadorizada de Abdome Total, sendo evidenciada massa em topografia de cólon sigmoide, líquido livre intracavitário e pneumoperitônio, sugerindo diagnóstico de diverticulite aguda, classificação Hinchey IV. A melhor conduta cirúrgica é, nesse caso: 

 

a)  Laparotomia, ressecção segmentar e anastomose primária.  

 

 

b)  Punção guiada por TC.  

 

 

c)  Laparotomia, cirurgia de Hartmann.  

 

 

d)  Lavado peritoneal.  

 

 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

 

 

Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

 

 

 

 

 

» Deseja alguma disciplina específica - escreva-nos!

 

» Se souber o resultado - resolva a questão (clique em comentários) - isso o ajudará a fixar melhor o assunto. A comunidade concurseira agradece!

 

 

»Veja outras Questões

 

 

 

 

página com questões do Enem

»Conhença as organizadoras de concursos

 

 

 

 

treinamento com questões de raciocínio lógico