Apostilas para concursos 2019

61.221 Questões

16.779 vagas em concursos

 

 

Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019.

FUNDEP | Níveis Fundamental, Médio e Superior de Escolaridade

» Prefeitura de Campo Belo (MG) abre concurso para 98 vagas

 

VUNESP | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Campinas (SP) abre concurso para 266 vagas

SELECON | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Campo Grande (MS) abre concurso para 633 vagas

VUNESP | Níveis Médio e Superior

» Prefeitura de Peruíbe (SP) abre concurso para 218 vagas

 

VUNESP | Nível Médio| Provas Objetivas em 06-10-2019

» Polícia Militar SP abre concurso com 2.700 vagas para Soldado

 

 

 

 

Questões INEP 2019


 

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

Q35327
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - Instituições sociais, normas e valores, O processo de socialização (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      Uma pessoa vê-se forçada pela necessidade a pedir dinheiro emprestado. Sabe muito bem que não poderá pagar, mas vê também que não lhe emprestarão nada se não prometer firmemente pagar em prazo determinado. Sente a tentação de fazer a promessa; mas tem ainda consciência bastante para perguntar a si mesma: não é proibido e contrário ao dever livrar-se de apuros desta maneira? Admitindo que se decida a fazê-lo, a sua máxima de ação seria: quando julgo estar em apuros de dinheiro, vou pedi-lo emprestado e prometo pagá-lo, embora saiba que tal nunca sucederá.
                     KANT, I. Fundamentação da metafísica dos costumes. São Paulo: Abril Cultural, 1980.
De acordo com a moral kantiana, a “falsa promessa de pagamento” representada no texto


 

resolver    |     Comente a questão
Q35326
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - Formas de estratificação social, Estratificação e desigualdade social (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      O conceito de democracia, no pensamento de Habermas, é construído a partir de uma dimensão procedimental, calcada no discurso e na deliberação. A legitimidade democrática exige que o processo de tomada de decisões políticas ocorra a partir de uma ampla discussão pública, para somente então decidir. Assim, o caráter deliberativo corresponde a um processo coletivo de ponderação e análise, permeado pelo discurso, que antecede a decisão.
VITALE, D. Jürgen Habermas, modernidade e democracia deliberativa. Cadernos do CRH (UFBA), v. 19, 2006 (adaptado).
O conceito de democracia proposto por Jürgen Habermas pode favorecer processos de inclusão social. De acordo com o texto, é uma condição para que isso aconteça o(a)


 

resolver    |     Comente a questão
Q35325
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - Formas de estratificação social, Estratificação e desigualdade social (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

TEXTO I

       Sólon é o primeiro nome grego que nos vem à mente quando terra e dívida são mencionadas juntas. Logo depois de 600 a.C., ele foi designado “legislador” em Atenas, com poderes sem precedentes, porque a exigência de redistribuição de terras e o cancelamento das dívidas não podiam continuar bloqueados pela oligarquia dos proprietários de terra por meio da força ou de pequenas concessões.
FINLEY, M. Economia e sociedade na Grécia antiga. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2013 (adaptado).

TEXTO II
      A “Lei das Doze Tábuas” se tornou um dos textos fundamentais do direito romano, uma das principais heranças romanas que chegaram até nós. A publicação dessas leis, por volta de 450 a.C., foi importante, pois o conhecimento das “regras do jogo” da vida em sociedade é um instrumento favorável ao homem comum e potencialmente limitador da hegemonia e arbítrio dos poderosos.
                                              FUNARI, P. P. Grécia e Roma. São Paulo: Contexto, 2011 (adaptado).
O ponto de convergência entre as realidades sociopolíticas indicadas nos textos consiste na ideia de que a 


 

resolver    |     Comente a questão
Q35324
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      A grande maioria dos países ocidentais democráticos adotou o Tribunal Constitucional como mecanismo de controle dos demais poderes. A inclusão dos Tribunais no cenário político implicou alterações no cálculo para a implementação de políticas públicas. O governo, além de negociar seu plano político com o Parlamento, teve que se preocupar em não infringir a Constituição. Essa nova arquitetura institucional propiciou o desenvolvimento de um ambiente político que viabilizou a participação do Judiciário nos processos decisórios.
                          CARVALHO, E. R. Revista de Sociologia e Política, n. 23, nov. 2004 (adaptado).
O texto faz referência a uma importante mudança na dinâmica de funcionamento dos Estados contemporâneos que, no caso brasileiro, teve como consequência a


 

resolver    |     Comente a questão
Q35323
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - A divisão social do trabalho, Mundo do trabalho (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      Uma sociedade é uma associação mais ou menos autossuficiente de pessoas que em suas relações mútuas reconhecem certas regras de conduta como obrigatórias e que, na maioria das vezes, agem de acordo com elas. Uma sociedade é bem ordenada não apenas quando está planejada para promover o bem de seus membros, mas quando é também efetivamente regulada por uma concepção pública de justiça. Isto é, trata-se de uma sociedade na qual todos aceitam, e sabem que os outros aceitam, o mesmo princípio de justiça.
                               RAWLS, J. Uma teoria da justiça. São Paulo: Martins Fontes, 1997 (adaptado).

A visão expressa nesse texto do século XX remete a qual aspecto do pensamento moderno?


 

resolver    |     Comente a questão
Q35322
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Sociologia - Noção antropológica de cultura, Cultura e sociedade (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

     E venham, então, os alegres incendiários de dedos carbonizados! Vamos! Ateiem fogo às estantes das bibliotecas! Desviem o curso dos canais, para inundar os museus! Empunhem as picaretas, os machados, os martelos e deitem abaixo sem piedade as cidades veneradas!
MARINETTI, F. T. Manifesto futurista. Disponível em: www.sibila.com.br. Acesso em: 2 ago. 2012 (adaptado).
Que princípio marcante do Futurismo e comum a várias correntes artísticas e culturais das primeiras três décadas do século XX está destacado no texto?


 

resolver    |     Comente a questão
Q35321
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Filosofia - Filosofia e a Grécia Antiga, A Metafísica de Aristóteles (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      Se, pois, para as coisas que fazemos existe um fim que desejamos por ele mesmo e tudo o mais é desejado no interesse desse fim; evidentemente tal fim será o bem, ou antes, o sumo bem. Mas não terá o conhecimento, porventura, grande influência sobre essa vida? Se assim é, esforcemo-nos por determinar, ainda que em linhas gerais apenas, o que seja ele e de qual das ciências ou faculdades constitui o objeto. Ninguém duvidará de que o seu estudo pertença à arte mais prestigiosa e que mais verdadeiramente se pode chamar a arte mestra. Ora, a política mostra ser dessa natureza, pois é ela que determina quais as ciências que devem ser estudadas num Estado, quais são as que cada cidadão deve aprender, e até que ponto; e vemos que até as faculdades tidas em maior apreço, como a estratégia, a economia e a retórica, estão sujeitas a ela. Ora, como a política utiliza as demais ciências e, por outro lado, legisla sobre o que devemos e o que não devemos fazer, a finalidade dessa ciência deve abranger as das outras, de modo que essa finalidade será o bem humano.
ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. In: Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1991 (adaptado).
Para Aristóteles, a relação entre o sumo bem e a organização da pólis pressupõe que


 

resolver    |     Comente a questão
Q35320
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Filosofia - Filosofia e a Grécia Antiga, Sócrates e a Maiêutica (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      Uma conversação de tal natureza transforma o ouvinte; o contato de Sócrates paralisa e embaraça; leva a refletir sobre si mesmo, a imprimir à atenção uma direção incomum: os temperamentais, como Alcibíades, sabem que encontrarão junto dele todo o bem de que são capazes, mas fogem porque receiam essa influência poderosa, que os leva a se censurarem. É sobretudo a esses jovens, muitos quase crianças, que ele tenta imprimir sua orientação.
                                                    BRÉHIER, E. História da filosofia. São Paulo: Mestre Jou, 1977.
O texto evidencia características do modo de vida socrático, que se baseava na


 

resolver    |     Comente a questão
Q35319
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Filosofia - (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      A representação de Demócrito é semelhante à de Anaxágoras, na medida em que um infinitamente múltiplo é a origem; mas nele a determinação dos princípios fundamentais aparece de maneira tal que contém aquilo que para o que foi formado não é, absolutamente, o aspecto simples para si. Por exemplo, partículas de carne e de ouro seriam princípios que, através de sua concentração, formam aquilo que aparece como figura.
HEGEL, G. W. F. Crítica moderna. In: SOUZA, J. C. (Org.). Os pré-socráticos: vida e obra. São Paulo: Nova Cultural, 2000 (adaptado).
O texto faz uma apresentação crítica acerca do pensamento de Demócrito, segundo o qual o “princípio constitutivo das coisas” estava representado pelo(a)


 

resolver    |     Comente a questão
Q35318
prancheta

 


Ano: 2017 INEP    Exame Nacional do Ensino médio (ENEM) Nível Médio  Filosofia - Conceitos Filosóficos, Razão: Inata ou Adquirida? (Prova: Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia)

      Fala-se muito nos dias de hoje em direitos do homem. Pois bem: foi no século XVIII — em 1789, precisamente — que uma Assembleia Constituinte produziu e proclamou em Paris a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Essa Declaração se impôs como necessária para um grupo de revolucionários, por ter sido preparada por uma mudança no plano das ideias e das mentalidades: o lluminismo.
        FORTES, L. R. S. O lluminismo e os reis filósofos. São Paulo: Brasiliense, 1981 (adaptado).

Correlacionando temporalidades históricas, o texto apresenta uma concepção de pensamento que tem como uma de suas bases a


 

resolver    |     Comente a questão

 

 

 

Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

 

Deixe aqui seu comentário (com o número da Questão - Ex.: Q45601):


Wildcard SSL Certificates

SPS CONCURSOS - Brazil 2009 - 2019

Copyright ©   www.spsconcursos.com - Todos os Direitos Reservados. e-mail