Apostilas para concursos 2017

30.485 Questões

9.542 vagas em concursos

 

 

Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017.

INAZ | Níveis Médio e Superior de Escolaridade

» Conselho Federal de Farmácia (CFF DF) abre concurso para 62 vagas

 

RBO | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Gravataí (RS) abre concurso para 29 vagas

NUCEPE | Nível Médio

» Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (CBM PI) abre concurso para 110 vagas

UECE | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (DETRAN CE) abre concurso para 383 vagas

 

Concursos da Vunesp

CONSULPLAN | Níveis Médio e Superior| Salários de R$ 6.376,41 a R$ 10.461,90

» TRE (RJ) abre concurso para 11 vagas e Cadastro de Reserva

 

Material de estudo para concursos Vunesp

 

Confira nossas sugestões:

 

Apostila VUNESP para Consórcio Intermunicipal de Saúde (CONSIRC)

 

Conforme Edital

 

Processo Seletivo CONSIRC 2017-TELEFONISTA - AUXILIAR DE REGULAÇÃO-TÉCNICO DE ENFERMAGEM-AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS
Processo Seletivo CONSIRC 2017
TELEFONISTA - AUXILIAR DE REGULAÇÃO
TÉCNICO DE ENFERMAGEM
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


Apostila Vunesp para Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM SP)

 

Conforme Edital

 

Concurso PM SP 2017-OFICIAL PM
Concurso PM SP 2017
OFICIAL PM

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo Vunesp


Apostila VUNESP para Prefeitura de Marília

 

Conforme Edital

 

Concurso Prefeitura de Marília 2017-AUXILIAR DE ESCRITA-ATENDENTE DE ESCOLA-AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS
Concurso Prefeitura de Marília 2017
AUXILIAR DE ESCRITA
ATENDENTE DE ESCOLA
AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


Apostila VUNESP para Prefeitura de Presidente Prudente

 

Conforme Edital

 

Concurso Prefeitura de Presidente Prudente 2017-FISCAL DE FEIRA-AGENTE DE SANEAMENTO-AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DA FAMÍLIA
Concurso Prefeitura de Presidente Prudente 2017
FISCAL DE FEIRA
AGENTE DE SANEAMENTO
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DA FAMÍLIA

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


» Veja outras apostilas


Últimas


Apostila Preparatória do Processo Seletivo SEE-SP (Edital 2017 em Breve)

Autorização para 1.495 vagas de nível médio


Apostila Preparatória SEE SP-AGENTE DE SERVIÇOS ESCOLARES-AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR
Apostila Preparatória SEE SP
AGENTE DE SERVIÇOS ESCOLARES
AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Salários de R$ 1.104,00- para Agente de Organização Escolar

 

 

 

página com questões do Enem

Questões Vunesp de Direito Civil 2017

 

 

» Confira a lista de concursos abertos

» Concursos Vunesp 2017

» Veja os últimos editais publicados

 

» Questões da Vunesp

 

 

 

 

 

Questões da Vunesp para Praticar

 

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

 

 

“Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo de passá-la a limpo”

Mario Quintana

     

     

  • Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJM SP)
  •  

    Ano: 2017 VUNESP   Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJM SP)   Nível Médio   Direito Civil Lei de Introdução as Normas do Direito Brasileiro (LINDB), Princípios Gerais de Direito Civil

     

     

     

       


      Q15457


      Quanto à vigência das leis, assinale a alternativa correta.


        a)  Uma lei é revogada somente quando lei posterior declare expressamente sua revogação.

       


         b)  Lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das já existentes, não revoga nem modifica a lei anterior.

       


         c)  A lei revogada se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência.

       


         d)  As correções a texto de lei já em vigor consideram- -se a mesma lei.

       


         e)  É expressamente proibida a revogação de uma lei repristinada.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

  • Câmara Municipal de Mogi das Cruzes
  •  

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Parte Geral, Personalidade, Pessoa Natural e Capacidade

     

     

     

       


      Q20376


      Cláudia, apresentadora de um telejornal na televisão aberta, teve sua foto na praia divulgada em revista de circulação nacional. Além da foto divulgada, a revista fez uma matéria afirmando que Cláudia estaria usufruindo suas férias com dinheiro ilícito. Um escritório de contabilidade aproveitou a foto e a notoriedade do fato para fazer propaganda dos serviços oferecidos pelo escritório.

      Diante dos fatos narrados, responda corretamente.

       


        a)  É civilmente responsável pelo ressarcimento de dano, decorrente de publicação pela imprensa, apenas o autor do escrito.

       


         b)  Para Cláudia ter direito a indenização, é necessário fazer prova do prejuízo sofrido.

       


         c)  O nome da pessoa não pode ser empregado por outrem em publicações ou representações que a exponham ao desprezo público, ainda quando não haja intenção difamatória.

       


         d) Por se tratar de fato notório, o escritório de contabilidade pode usar o nome de Cláudia em propaganda comercial.

       


         e)  Não é cabível indenização por dano moral no caso descrito uma vez que a publicação das fotos de Cláudia não causaram a ela dor e sofrimento.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Parte Geral, Prescrição e Decadência

     

     

     

       


      Q20377


      Isabel, professora palestrante, propôs ação de execução contra escola particular buscando obter honorários relativos aos serviços prestados há quatro anos. A escola, citada, não apresentou defesa. Após julgada procedente a ação, a escola apresentou apelação, alegando que o prazo já estava prescrito, mas aceitava discutir o assunto.

      Sobre o caso hipotético, assinale a alternativa correta.

       


        a)  As partes podem, de comum acordo, alterar o prazo de prescrição de forma que o direito material seja julgado.

       


         b)  A ação proposta por Isabel não está prescrita, uma vez que o prazo para pretensão dos professores por seus honorários é de cinco anos.

       


         c)  A escola não pode alegar prescrição em sede de recurso, uma vez que prescrição somente pode ser alegada em primeiro grau.

       


         d)  A escola, por ser pessoa jurídica, deve responder com o seu patrimônio, sem direito de ação contra seus representantes legais que deram causa à prescrição.

       


         e)  A renúncia à prescrição apresentada pela escola só seria válida se fosse feita antes da prescrição se consumar

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Parte Geral, Prova

     

     

     

       


      Q20378


      Joana propõe ação de indenização por danos morais contra Amanda. Joana arrola como testemunha André, com dezessete anos de idade, Eduardo, seu marido e Paulo, que é notoriamente inimigo capital de Amanda. Já Amanda arrola Arthur, seu tio e Cláudia, sua amiga íntima há muitos anos.

      Diante do exposto, quais testemunhas poderão ser admitidas?

       


        a)  Cláudia e Eduardo.

       


         b)  Apenas Arthur.

       


         c)  Cláudia, Arthur e Paulo.

       


         d)  Apenas André.

       


         e)  Arthur e André.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Compra e Venda, Contratos em Espécie

     

     

     

       


      Q20379


      Marcos, residente e domiciliado em Goiânia, assinou um contrato de compra e venda de bois, no qual se comprometia a pagar para Pedro, residente e domiciliado em Cuiabá, o valor de trezentos reais mensais, durante 24 meses. Conforme previsão no Código Civil, o pagamento seria efetuado no domicílio do devedor, ou seja, Goiânia. Ocorre que Marcos constantemente viajava para Cuiabá e passou a efetuar o pagamento nessa cidade. Porém, após o pagamento da vigésima parcela,Marcos decidiu pagar o valor em Goiânia, o que não foi aceito por Pedro.

      Diante do narrado, é possível afirmar que


        a)  Marcos está correto em razão do instituto conhecido como duty to mitigate the law

       


         b)  Marcos está correto, pois o devedor, por ser a parte mais fraca na relação jurídica, tem o direito de escolher onde irá realizar o pagamento.

       


         c)  Marcos está correto em razão do instituto conhecido como venire contra factum proprium.

       


         d)  Pedro está correto em razão do instituto conhecido como supressio.

       


         e)  Pedro está correto, pois a relação está fundamentada no código de defesa do consumidor.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Contratos em Espécie, Atos Unilaterais: Pagamento Indevido e Enriquecimento sem Causa

     

     

     

       


      Q20380


      Sobre enriquecimento sem causa, assinale a alternativa correta.


        a)  A restituição é devida, não só quando não tenha havido causa que justifique o enriquecimento, mas também se esta deixou de existir.

       


         b)  No caso de enriquecimento de coisa determinada, se não for possível a restituição do objeto, o valor a ser pago será o valor do bem atualizado.

       


         c)  Aquele que, sem justa causa, se enriquecer à custa de outrem, será obrigado a restituir o valor indevidamente auferido à época, sem atualização. 

       


         d)  Se o enriquecimento tiver por objeto coisa determinada, quem a recebeu pode optar por restituir o objeto ou pagar o valor de avaliação.

       


         e)  Cabe restituição por enriquecimento ainda que a lei confira ao lesado outros meios para ressarcimento do prejuízo sofrido.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Câmara Municipal de Mogi das Cruzes   Nível Superior   Direito Civil Direito das Coisas / Direitos Reais, Direitos Reais de Garantia - Penhor, Anticrese e Hipoteca

     

     

     

       


      Q20381


      Sobre a hipoteca, assinale a alternativa correta.


        a)  A hipoteca firmada entre a construtora e o agente financeiro, anterior à celebração da promessa de compra e venda, não tem eficácia perante o adquirente do imóvel.

       


         b)  É anulável a cláusula que proíbe ao proprietário alienar imóvel hipotecado.

       


         c)  O dono do imóvel hipotecado pode constituir outra hipoteca sobre ele, mediante novo título, apenas em favor de outro credor.

       


         d)  A hipoteca não abrange acessões ou benfeitorias feitas no imóvel.

       


         e)  Não pode ser objeto de hipoteca o direito real de uso.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

     

     

     

     

     

    »Veja outras Questões da Vunesp

     

     

     

     

    Concursos da Vunesp

    »Conhença as organizadoras de concursos

     

     

     

     

    treinamento com questões de raciocínio lógico