Apostilas para concursos 2017

30.430 Questões

6.254 vagas em concursos

 

 

Sábado, 23 de Setembro de 2017.

GAZZINELLI | Níveis Fundamental, Médio e Superior de Escolaridade

» Prefeitura de Cantagalo (MG) abre concurso para 28 vagas

 

FCC | Níveis Médio e Superior

» Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) abre concurso para 86 vagas

IFSC | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC) abre concurso para 58 vagas

IBAM | Níveis Fundamental, Médio e Superior

» Prefeitura de Indaial (SC) abre concurso para 139 vagas

 

Concursos da Vunesp

CONSULPLAN | Níveis Médio e Superior| Salários de R$ 6.376,41 a R$ 10.461,90

» TRE (RJ) abre concurso para 11 vagas e Cadastro de Reserva

 

Material de estudo para concursos Vunesp

 

Confira nossas sugestões:

 

Apostila VUNESP para Prefeitura de Marília

 

Conforme Edital

 

Concurso Prefeitura de Marília 2017-AUXILIAR DE ESCRITA-ATENDENTE DE ESCOLA-AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS
Concurso Prefeitura de Marília 2017
AUXILIAR DE ESCRITA
ATENDENTE DE ESCOLA
AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


Apostila VUNESP para Prefeitura de Presidente Prudente

 

Conforme Edital

 

Concurso Prefeitura de Presidente Prudente 2017-FISCAL DE FEIRA-AGENTE DE SANEAMENTO-AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DA FAMÍLIA
Concurso Prefeitura de Presidente Prudente 2017
FISCAL DE FEIRA
AGENTE DE SANEAMENTO
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DA FAMÍLIA

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


Apostila VUNESP para Instituto de Previdência Social dos Servidores da cidade de Barueri (IPRESB)

 

Conforme Edital

 

Concurso IPRESB 2017-CARGOS DE NÍVEL MÉDIO E SUPERIOR (COMUM A TODOS)
Concurso IPRESB 2017
CARGOS DE NÍVEL MÉDIO E SUPERIOR (COMUM A TODOS)

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


Apostila VUNESP para Câmara Municipal de Itanhaém

 

Conforme Edital

 

Concurso Câmara de Itanhaém 2017-AUXILIAR LEGISLATIVO-AGENTE DE MANUTENÇÃO E ZELADORIA
Concurso Câmara de Itanhaém 2017
AUXILIAR LEGISLATIVO
AGENTE DE MANUTENÇÃO E ZELADORIA

 

» Apostila Completa com Teoria e Exercícios estilo VUNESP


» Veja outras apostilas


Últimas


Apostila Preparatória do Processo Seletivo SEE-SP (Edital 2017 em Breve)

Autorização para 1.495 vagas de nível médio


Apostila Preparatória SEE SP-AGENTE DE SERVIÇOS ESCOLARES-AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR
Apostila Preparatória SEE SP
AGENTE DE SERVIÇOS ESCOLARES
AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Salários de R$ 1.104,00- para Agente de Organização Escolar

 

 

 

página com questões do Enem

Questões Vunesp de Direito Penal 2017

 

 

» Confira a lista de concursos abertos

» Concursos Vunesp 2017

» Veja os últimos editais publicados

 

» Questões da Vunesp

 

 

 

 

 

Questões da Vunesp para Praticar

 

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

 

 

“Torna-te aquilo que és.”

Friedrich Nietzsche

     

     

  • Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJM SP)
  •  

    Ano: 2017 VUNESP   Tribunal de Justiça Militar de São Paulo (TJM SP)   Nível Médio   Direito Penal Noções Fundamentais, Peculato, A norma penal

     

     

     

       


      Q15461


      Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que


        a)  se considera praticado o crime no momento do resultado.

       


         b)  a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos anteriores, salvo se decididos por sentença condenatória transitada em julgado.

       


         c)  o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo calendário comum.

       


         d)  o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou o desvia, em proveito próprio, comete o crime de peculato-culposo.

       


         e)  exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela, vantagem indevida caracteriza o crime de concussão.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

  • Prefeitura de Andradina
  •  

    Ano: 2017 VUNESP   Prefeitura de Andradina   Nível Superior   Direito Penal Dano, Crimes contra o patrimônio

     

     

     

       


      Q20445


      Entre outras possibilidades, o crime de dano do art. 163 do CP é qualificado se cometido


        a)  por motivo fútil.

       


         b)  por duas ou mais pessoas.

       


         c)  durante o repouso noturno.

       


         d)  em situação de calamidade pública.

       


         e)  contra o patrimônio da União, Estado ou Município.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Prefeitura de Andradina   Nível Superior   Direito Penal Advocacia administrativa, Crimes contra a administração pública

     

     

     

       


      Q20446


      A conduta de patrocinar indiretamente interesse privado perante a Administração Pública, valendo-se da sua qualidade de funcionário


        a)  configura patrocínio infiel.

       


         b)  configura tráfico de influência.

       


         c)  configura favorecimento pessoal.

       


         d)  configura advocacia administrativa.

       


         e)  é atípica.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Prefeitura de Andradina   Nível Superior   Direito Penal Lei de Organização Criminosa – Lei nº 12.850 de 2013 , Legislação Penal Especial

     

     

     

       


      Q20447


      Nos termos do art. 4° da Lei n° 12.850/13, que trata da colaboração premiada, é correto afirmar que


        a)  o juiz participará ativamente das negociações realizadas entre as partes para a formalização do acordo de colaboração, que ocorrerá entre o delegado de polícia, o investigado e o defensor, com a manifesta­ção do Ministério Público ou, conforme o caso, entre o Ministério Público e o investigado ou acusado e seu defensor.

       


         b)  o Ministério Público poderá deixar de oferecer denúncia contra quem tenha colaborado efetiva e voluntariamente para a investigação, permitindo a identificação dos demais coautores e partícipes da organização criminosa e das infrações penais por eles praticadas, desde que não seja o líder da organização criminosa e seja o primeiro a colaborar.

       


         c)  nas ações penais em que sejam utilizadas as declarações do colaborador, o juiz sentenciará segundo seu livre convencimento, podendo utilizar como única prova válida a embasar decreto condenatório o depoimento do colaborador.

       


         d)  nos depoimentos que prestar, o colaborador, obrigatoriamente, será acompanhado de seu defensor e embora esteja sujeito ao compromisso legal de dizer a verdade, fica-lhe assegurado o constitucional direito ao silêncio.

       


         e)  os benefícios concedidos ao colaborador prescindem da análise de sua personalidade, bem como da natureza, das circunstâncias, da gravidade e da repercussão social do fato criminoso e da eficácia da colaboração.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

  • Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ SP)
  •  

    Ano: 2017 VUNESP   Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ SP)   Nível Médio   Direito Penal Falso Testemunho ou Falsa Perícia. Corrupção Ativa de Testemunha ou Perito, Crimes contra a administração pública

     

     

     

       


      Q26495


      Imagine que um perito nomeado pelo juiz, em processo judicial, mediante suborno, produza um laudo falso para favorecer uma determinada parte, praticando a conduta que configura crime do art. 342 do CP (falsa perícia). Ocorre que, arrependido e antes de proferida a sentença no mesmo processo, o perito retrata-se, corrigindo a falsidade. De acordo com o texto literal do art. 342, § 2° do CP, como consequência jurídica da retratação,


        a)  o perito fica isento de pena criminal, mas deverá indenizar o prejudicado pela falsidade que cometeu.

       


         b)  o perito fica isento de pena criminal, mas deverá devolver os honorários recebidos em dobro.

       


         c)  o fato deixa de ser punível.

       


         d)  o perito, se condenado pelo crime de falsa perícia, terá a pena reduzida de 1/3 (um terço) a 2/3 (dois terços).

       


         e)  o perito fica impedido, por 5 (cinco) anos, de prestar tal serviço.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ SP)   Nível Médio   Direito Penal Abandono de função, Crimes contra a administração pública

     

     

     

       


      Q26494


      Certos crimes têm suas penas estabelecidas em patamares superiores quando presentes circunstâncias que aumentam o desvalor da conduta. São os denominados “tipos qualificados”.

      Assinale a alternativa que indica o crime que tem como qualificadoras “resultar prejuízo público” e “ocorrer em lugar compreendido na faixa de fronteira”.


        a)  Corrupção passiva.

       


         b)  Exercício arbitrário das próprias razões.  

       


         c)  Abuso de poder.

       


         d)  Violência arbitrária.

       


         e)  Abandono de função.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

    Ano: 2017 VUNESP   Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ SP)   Nível Médio   Direito Penal Impedimento, perturbação ou fraude de concorrência. Inutilização de edital ou de sinal, Crimes contra a administração pública

     

     

     

       


      Q26493


      O crime de “impedimento, perturbação ou fraude de concorrência”, do art. 335 do CP, está assim definido: “impedir, perturbar ou fraudar concorrência pública ou venda em hasta pública, promovida pela administração federal, estadual ou municipal, ou por entidade paraestatal; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem.”

      Incorre na mesma pena estabelecida para o crime citado, nos termos do parágrafo único do mesmo artigo, quem


        a)  sabendo da ocorrência do fato não o denuncia às autoridades públicas.

       


         b)  sendo agente público homologa certame sabendo-o fraudado.

       


         c)  se abstém de concorrer ou licitar, em razão da vantagem oferecida.

       


         d)  sendo agente público deixa de inabilitar concorrente sabendo-o fraudador.

       


         e)  faz proposta em certame licitatório que, posteriormente, deixa de cumprir.

       

       

      resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

     

     

     

     

     

    »Veja outras Questões da Vunesp

     

     

     

     

    Concursos da Vunesp

    »Conhença as organizadoras de concursos

     

     

     

     

    Concursos da Vunesp