Apostilas para concursos 2018

41.023 Questões

30.593 vagas em concursos

 

 

Terça-Feira, 24 de Abril de 2018.

 

FUNDATEC | Nível Superior

» Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul (PC RS) abre concurso para 100 vagas

COMPERVE | Níveis Médio e Superior

» Prefeitura de Natal (RN) abre concurso para 1.647 vagas

VUNESP | Nível Médio

» Polícia Militar do Estado de São Paulo (MP SP) abre concurso para 2.700 vagas

 

Concursos da Vunesp

VUNESP | Nível Superior| Salários de R$ 3.748,98

» Polícia Civil SP abre concurso para 1.400 vagas

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-ENFERMEIRO
Série Médica
ENFERMEIRO

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO EM ENFERMAGEM
Série Médica
TÉCNICO EM ENFERMAGEM

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO EM ODONTOLOGIA
Série Médica
TÉCNICO EM ODONTOLOGIA

 

 

 

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO DE LABORATÓRIO
Série Médica
TÉCNICO DE LABORATÓRIO

 

Treinamento de Engermagem

Questões de Enfermagem para Concursos - Urgência e Emergência

Treine para prova sem medo, sem surpresas sem pegadinhas! Somente a prática leva a perfeição...

 

 

 

 

 

» Confira a lista de concursos abertos

» Veja os últimos concursos publicados

 

 

 

Questões de Enfermagem - Urgência e Emergência

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Paciência e perseverança tem o efeito mágico de fazer as dificuldades desaparecerem e os obstáculos sumirem.

John Quincy Adams

 

 

 

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  •  

    Q40409


    prancheta

     


    Ano: 2018    Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Assinale a alternativa que corresponde à avaliação inicial de um indivíduo vítima de Parada Cárdiopulmonar (PCP) em ambiente hospitalar.


      a) Nível de responsividade, abertura de via aérea, ventilação, circulação e desfibrilação, se necessário.

     


       b) Verificação de irresponsividade e/ou gasping, compressões cardíacas, ventilação e desfibrilação, se houver ritmo chocável.

     


       c) Verificação de irresponsividade e ou gasping, temperatura, pulso, respirações e pressão arterial.

     


       d) Nível de responsividade, oxigênio, reposição de volume endovenoso, sinais vitais e nível de consciência.

     


       e) Nível de irresponsividade e/ou gasping, oxigenação, compressão cardíaca e sinais vitais

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Petrobras Transporte S.A (Transpetro)
  •  

    Q40426


    prancheta

     


    Ano: 2018 CESGRANRIO    Petrobras Transporte S.A (Transpetro) Nível Fundamental   Enfermagem Urgência e emergência Cargo: Auxiliar de Saúde

     


    São medidas imediatas e indispensáveis que devem ser tomadas pela equipe de primeiros socorros, em uma situação de emergência a bordo, informar o: 


      a) tipo de acidente ocorrido e o número de vítimas fatais.

     


       b) tipo de acidente ocorrido e o número de vítimas que não necessitam de remoção.

     


       c) grau de consciência da vítima e a gravidade dos ferimentos.

     


       d) grau de consciência da vítima e o seu número de telefone para avisar aos familiares.

     


       e) número de vítimas, sexo e a idade aproximada de cada um, e os primeiros socorros que já tenham sido prestados. 

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte
  •  

    Q40335


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    No ano de 2015, a American Heart Association (AHA) publicou, com os “Destaques das diretrizes”, os principais pontos de discussão e as alterações feitas na Atualização das diretrizes de 2015 para a Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Atendimento Cardiovascular de emergência (ACE). Em relação a essa publicação, analise as afirmativas a seguir sobre o suporte básico de vida para o adulto e qualidade da ressuscitação cardiorrespiratória aplicada por socorrista leigo.

    I A ventilação excessiva favorece o retorno venoso ao coração e o resgate da função neurológica da vítima.

    II Os socorristas podem ativar o serviço médico de emergência, via celular, sem sair do lado da vítima.

    III A aplicação das compressões torácicas adequadas exige ênfase na frequência e em minimizar o número e a duração das interrupções das compressões.

    IV Um único socorrista deve aplicar duas ventilações de resgate antes de iniciar as compressões torácicas.



    Dentre as afirmativas, estão corretas


      a) I e II.

     


       b) I e IV.

     


       c) II e III.

     


       d) III e IV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40334


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Médio   Enfermagem Choques, Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    A hemorragia é uma complicação incomum da cirurgia, porém grave, podendo resultar em choque hipovolêmico e morte. Em relação à hemorragia pós-cirúrgica, analise as afirmativas a seguir.

    I A hemorragia pode se apresentar insidiosamente ou em caráter de emergência em qualquer momento do período pós-operatório imediato ou até vários dias após a cirurgia.

    II Quando o sangramento é evidente deve-se utilizar uma compressa de gaze estéril e um curativo compressivo.

    III A respiração pode tornar-se ofegante e o paciente sentirá calor intenso devido aos tremores.

    IV O paciente pode apresentar hipertensão, pulso rápido e filiforme, desorientação, inquietação, poliúria e pele quente e ruborizada.



    Dentre as afirmativas, estão corretas


      a) III e IV. 

     


       b) II e III.

     


       c) I e II.

     


       d) I e IV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40350


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Superior   Enfermagem Suporte Ventilatório, Enfermagem em UTI, Urgência e emergência Cargo: Enfermeiro

     


    De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA, 2017), em pacientes em uso de ventilação mecânica, é considerada medida específica recomendada para a prevenção de pneumonia:


      a) adequar semanalmente o nível de sedação e o teste de respiração espontânea, em pacientes idosos e recém-nascidos. 

     


       b) evitar a higiene oral com antissépticos a base de clorexidina. 

     


       c) manter o paciente com a cabeceira elevada entre 20º e 25º.

     


       d) aspirar à secreção subglótica rotineiramente em pacientes sob ventilação mecânica acima de 48 ou 72 horas de internamento.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40346


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Superior   Enfermagem Primeiros Socorros, Urgência e emergência Cargo: Enfermeiro

     


    Na recepção de uma unidade de pronto atendimento (UPA) se encontram quatro idosos: a senhora Maria com 70 anos de idade foi a primeira a chegar na unidade; em seguida, chegou o senhor José com 75 anos deambulando com dificuldade; na sequência, o senhor João com 81 anos e, logo após, a senhora Lúcia com 79 anos. Maria, José e João estavam com acompanhantes e a idosa Lúcia estava sozinha. Após serem avaliados, os quatro idosos apresentaram classificação de risco com prioridade azul, ou seja, não necessitavam de atendimento de emergência. De acordo com a situação apresentada e baseado no estatuto do idoso, em seu capítulo IV que diz respeito ao direito à saúde, a prioridade no atendimento será de


      a) Maria, pois chegou primeiro à unidade.

     


       b) José, pois apresenta dificuldade de locomoção. 

     


       c) João, pois tem idade superior a 80 anos. 

     


       d) Lúcia, pois estava sem acompanhante.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40358


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Superior   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Enfermeiro

     


    Em janeiro de 2018, um meio de comunicação nacional noticiou: Uma grávida foi baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. (...) foi levada para a UPA e, em seguida, para o Hospital Geral onde está internada em estado gravíssimo. O bebê nasceu, mas também está em estado grave. (Disponível em:  Acesso em: 25 jan. 2018).

    Considerando o caso apresentado, em que houve uma parada cardiorrespiratória (PCR) da gestante, analise as orientações abaixo.

    I Nos casos de gestantes, a sequência da reanimação deve ser A-B-C (via aérea, respiração, compressões torácicas) com a finalidade de melhorar a oxigenação para a criança.

    II Se a altura do fundo uterino for igual ou superior ao nível do umbigo, o deslocamento manual do útero para a esquerda pode ser benéfico para o alívio da compressão aortocava durante as compressões torácicas.

    III Na reanimação, os profissionais devem colocar a paciente grávida em uma inclinação lateral de 30º para a esquerda com apoio para a pelve e o tórax, com o objetivo de ajudar na descompressão da artéria aorta.

    IV A cesariana perimorte deve ser considerada após 4 minutos da PCR materna ou dos esforços de ressuscitação (para PCR não presenciada), se não houver retorno da circulação espontânea materna.

    Em relação às orientações da American Heart Association (2015) sobre as situações especiais em ressuscitação para PCR durante a gravidez, estão corretas as condutas que constam nos itens


      a) I e II.

     


       b) II e IV.

     


       c) I e III.

     


       d) lll e lV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG)
  •  

    Q14919


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Soldado - Técnico de Enfermagem

     


    O Desfibrilador Externo Automático (DEA) é um aparelho eletrônico capaz de analisar o ritmo cardíaco e identificá-lo como chocável ou não chocável. Considerando a atuação do técnico de enfermagem imediatamente após a desfibrilação com o DEA do paciente em parada cardiorrespiratória, marque a alternativa CORRETA:


      a)  O acionamento do choque pelo DEA só pode ser feito pelo médico ou enfermeiro, cabendo ao técnico de enfermagem apenas auxiliar o procedimento.

     


       b)  Após administração do choque, deve-se palpar o pulso carotídeo para verificar se o choque foi efetivo.

     


       c)  Deve-se realizar 2 minutos de compressão torácica antes da próxima análise do ritmo.

     


       d)  Os eletrodos devem ser removidos para aplicação de gel antes do próximo choque e, assim, evitar queimadura na pele.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q14924


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Soldado - Técnico de Enfermagem

     


    O atendimento a vítimas de parada cardiorrespiratória exige do profissional de enfermagem conhecimento e habilidades de suporte básico de vida. Marque a alternativa CORRETA sobre a reanimação cardiopulmonar no adulto:


      a)  Durante a reanimação cardiopulmonar, deve-se realizar de 100 a 120 compressões torácicas por minuto.

     


       b)  A compressão deve ser em profundidade inferior a 5cm para evitar fratura de costelas.

     


       c)  A relação de compressão torácica e ventilação pulmonar é de 15:2 até estabelecer via aérea definitiva.

     


       d)  Apoiar sobre o tórax após cada compressão para evitar fadiga do socorrista.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  •  

    Q27545


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Estadual de Maringá (UEM) Nível Médio   Enfermagem Primeiros Socorros, Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Homem, 32 anos, foi levado ao Pronto Atendimento por familiares após ter sido agredido pelo porquinho-da-índia de seu filho. É conduta de enfermagem imediata 


      a)  a lavagem do ferimento com água e sabão.  

     


       b)  o soro antirrábico. 

     


       c)  a vacina antirrábica.  

     


       d)  a vacina antitetânica.  

     


       e)  a vacina antidiftérica.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q27555


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Estadual de Maringá (UEM) Nível Médio   Enfermagem Primeiros Socorros, Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Paciente vítima de ferimento por objeto penetrante, com perfuração da artéria femoral direita, com sangramento ativo, hipotenso e taquicárdico. Diante desse caso, é adequado adotar a seguinte conduta:


      a)  Retirar o objeto penetrante o mais rápido possível para evitar piora da perfuração.  

     


       b)  Realizar um torniquete em membro inferior esquerdo, para o fluxo sanguíneo ser direcionado para membro inferior direito.  

     


       c)  Realizar compressão manual com compressa estéril no local da perfuração.  

     


       d)  Abaixar as pernas, para melhora do retorno venoso. 

     


       e)  Realizar um torniquete em membro inferior direito para conter o sangramento.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q27552


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Estadual de Maringá (UEM) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Assinale a alternativa incorreta sobre as recomendações da American Heart Association e Atendimento Cardiovascular de Emergência (ACE) de 2015 de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) em adultos para um único socorrista.


      a)  30 compressões torácicas seguidas por 2 respirações.  

     


       b)  A velocidade recomendada para as compressões torácicas é de 100 a 120 por minuto. 

     


       c)  Iniciar compressões torácicas antes de aplicar as ventilações de resgate (C-A-B), para reduzir o tempo até a primeira compressão. 

     


       d)  A profundidade das compressões torácicas em adulto é de 5 a 6 cm.  

     


       e)  15 compressões torácicas seguidas por 1 respiração.  

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q29333


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Estadual de Maringá (UEM) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Durante o atendimento a uma parada cardiorrespiratória na enfermaria da clínica cirúrgica, o técnico de enfermagem deve assistir ao enfermeiro e à equipe multidisciplinar. Dentre os materiais e/ou equipamentos necessários, são indispensáveis nesse momento:


      a)  kit para entubação orotraqueal: laringoscópio, cânulas de entubação de calibres variados, otoscópio, seringa de 20 ml.

     


       b)  desfibrilador, monitor multiparamétrico, régua antropométrica, aparelho de eletrocardiograma. 

     


       c)  desfibrilador, monitor multiparamétrico, régua antropométrica, aparelho de eletroencefalograma.  

     


       d)  kit para entubação orotraqueal: laringoscópio, cânulas de entubação de calibres variados, seringa de 20 ml.  

     


       e)  desfibrilador, monitor multiparamétrico, tábua para massagem, aparelho de eletroencefalograma.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Polícia Militar do Estado de Minas Gerais
  •  

    Q32448


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais Nível Superior   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: 2º Tenente - Enfermagem

     


    A parada cardiorrespiratória (PCR) é a cessação súbita e inesperada das atividades ventricular útil e ventilatória, passível de reversão, em indivíduo não portador de doença intratável ou em fase terminal. Nesse contexto, define-se a ressuscitação cardiorrespiratória e cerebral (RCPC) como o conjunto de manobras realizadas com o objetivo de manter, artificialmente, o fluxo arterial ao cérebro e a outros órgãos vitais, até que ocorra a recuperação da circulação espontânea (RCE). Em relação à qualidade da RCPC, é CORRETO afirmar: 


      a)  As compressões torácicas devem ser de 100 a 120 por minuto no adulto, com 30 compressões para duas ventilações, enquanto o paciente estiver sendo ventilado com bolsa-valva-máscara (método assincrônico).

     


       b)  Permitir o retorno completo do tórax à posição natural ou neutra após cada compressão é uma ação fundamental para manter uma boa pressão de perfusão coronariana, que deverá ser no mínimo de 25 mmHg para que ocorra a RCE.

     


       c)  O cálculo da fração de compressão torácica é obtido através da razão entre o tempo em que as compressões torácicas foram executadas durante toda PCR pelo tempo total da RCPC e idealmente deve estar próximo a 80% e não menos que 60%.

     


       d)  Realizar mais de 10 ventilações por minuto durante a RCPC promove diminuição da pressão de perfusão coronariana. As ventilações devem ser realizadas a cada 5 segundos. 

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32437


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais Nível Superior   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: 2º Tenente - Enfermagem

     


    Existe um reconhecimento cada vez maior de que cuidados sistemáticos pós-parada cardiorrespiratória (PCR) após o retorno da circulação espontânea (RCE), podem aumentar a probabilidade de sobrevivência do paciente com boa qualidade de vida. Em relação aos cuidados pós-PCR, é CORRETO afirmar: 


      a)  Deve-se evitar e corrigir imediatamente a hipotensão arterial (pressão arterial sistólica inferior a 90 mmHg, pressão arterial média inferior a 65 mmHg) realizando reposição volêmica adequada ou utilizando fármacos vasopressores.

     


       b)  Todos os pacientes adultos comatosos com RCE após PCR devem ser submetidos ao controle direcionado da temperatura, tendo como temperatura alvo entre 32º e 36º, mantida constantemente durante 12 a 24 horas. 

     


       c)  É recomendado o resfriamento pré-hospitalar rotineiro de pacientes com infusão rápida de fluidos endovenosos frios após RCE, pois o início precoce do resfriamento traz maiores benefícios neurológicos.

     


       d)  O prognóstico de todos os pacientes pós-PCR deve ser avaliado em um prazo superior a 72 horas após o RCE.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Universidade de Pernambuco (UPE)
  •  

    Q32658


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade de Pernambuco (UPE) Nível Superior   Enfermagem APH-Atendimento Pré-Hospitalar, Urgência e emergência Cargo: Enfermeiro

     


    Mulher de 49 anos de idade, procedente de Recife, tabagista, sem relato de outras comorbidades compareceu ao serviço de pronto-atendimento, queixando-se de cefaleia intensa, hemiparesia direita, desvio da comissura labial para a esquerda e afasia.

    Em relação a esse caso, assinale a alternativa CORRETA. 


      a)  A abordagem inicial tem como objetivo a estabilização clínica inicial, incluindo a proteção de vias aéreas e os suportes ventilatório e hemodinâmico.

     


       b)  A avaliação neurológica deverá ser priorizada frente às outras condutas de estabilização clínica. 

     


       c)  A avaliação da glicemia da paciente na internação e periodicamente é desnecessária.

     


       d)  O uso escalas neurológicas é preconizado nesse tipo de paciente, sendo útil, apenas, para definição do quadro neurológico na admissão. 

     


       e)  O tratamento fibrinolítico poderá ser indicado ao paciente acima, independente do tempo do início dos sintomas.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH)
  •  

    Q32716


    prancheta

     


    Ano: 2017    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Nível Superior   Enfermagem Urgência e emergência Cargo: Enfermeiro (HUJB - UFCG)

     


    Homem, 32 anos, deu entrada no PS apresentando febre de 38,0ºC. Na inspeção, paciente em posição fetal, queixando-se de dor abdominal. Apresentou, ainda, sinal de Blumberg positivo, o qual é caracterizado por


      a)  suspensão da inspiração devido à dor à compressão do rebordo costal direito.

     


       b)  dor durante a rotação interna da coxa fletida.

     


       c)  dor na fossa ilíaca direita após compressão profunda do quadrante inferior esquerdo.

     


       d)  dor à descompressão mais intensa do que à compressão na fossa ilíaca direita.

     


       e)  dor a punho-percussão na região lombar.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32734


    prancheta

     


    Ano: 2017    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico em Enfermagem (HUJB - UFCG)

     


    Ao realizar manobras de reanimação cardiopulmonar em um adulto de 52 anos, o técnico em enfermagem aplica compressões torácicas a uma profundidade de, pelo menos, 5 cm porque


      a)  essas compressões aumentam a pressão intratorácica, gerando um fluxo sanguíneo crítico, fornecendo oxigênio para o coração e o cérebro.

     


       b)  essas compressões estimulam a volta do ritmo cardíaco adequado, substituindo o uso do desfibrilador, quando este não está disponível.

     


       c)  apoiando-se sobre o tórax reduz-se o retorno venoso e aumenta-se a circulação para os órgãos vitais.

     


       d)  essas compressões evitam a queda acentuada de pressão arterial, que deve ser mantida em pelo menos 100x60 mmhg.

     


       e)  assim pode-se diminuir a frequência de aplicação a 90 compressões por minuto, evitando exaustão do profissional que realiza a manobra. 

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE)
  •  

    Q32767


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Primeiros Socorros, Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Sobre as atualizações das Diretrizes da AHA e da American Red Cross de 2015, para primeiros socorros, é incorreto dizer-se que


      a)  é recomendado o uso de colares cervicais por prestadores de primeiros socorros.

     


       b)  ao cuidar de uma pessoa que não responde, mas que respira normalmente, e na ausência de grandes traumas, como na coluna vertebral ou na pelve, pode-se melhorar a mecânica das vias aéreas, colocando a pessoa deitada de lado.

     


       c)  continua não havendo indicação para a administração rotineira de oxigênio suplementar por prestadores de primeiros socorros.

     


       d)  a aplicação de epinefrina é recomendada para a situação potencialmente fatal de anafilaxia.

     


       e)  o método principal, para controlar a hemorragia, é a aplicação de pressão firme e direta.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32766


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Parada Cardiorespiratória (PCR), Urgência e emergência Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Tendo em vista as atualizações das Diretrizes da American Heart Association 2015, para Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) de adultos, realizada por profissionais de saúde, analise as afirmativas.

    I. Socorristas treinados são encorajados a executar, simultaneamente, algumas etapas (ou seja, verificar se há respiração e pulso ao mesmo tempo), na tentativa de reduzir o tempo até a primeira compressão torácica.

    II. Em pacientes com RCP em curso e uma via aérea avançada instalada, recomenda-se uma frequência de ventilação simplificada de 2 respirações a cada 6 segundos (20 respirações por minuto).

    III. Os profissionais de saúde devem aplicar compressões torácicas e ventilação somente nos pacientes adultos com PCR de causa cardíaca.

    IV. Em PCR de adultos presenciada, quando há um DEA disponível imediatamente, deve-se usar o desfibrilador o mais rápido possível.

    Está(ão) correto(s):


      a)  I, II, III e IV.

     


       b)  somente I e IV.

     


       c)  somente II e III.

     


       d)  somente II, III e IV.

     


       e)  somente I e II.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

     

     

    Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

     

     

     

     

     

    Treinamento de Engermagem - Imunização

    »Conhença as organizadoras de concursos

     

     

     

     

    Treinamento de Engermagem - Imunização