Apostilas para concursos 2018

40.929 Questões

31.433 vagas em concursos

 

 

Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018.

 

FGV - Fundação Getúlio Vargas | Níveis Médio e Superior

» Banco do Estado de Espírito Santo (Banestes) abre concurso para cadastro reserva

COMPERVE | Níveis Médio e Superior

» Prefeitura de Natal (RN) abre concurso para 1.647 vagas

CESPE UnB | Níveis Médio e Superior

» Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) abre concurso para 1.196 vagas

 

Concursos da Vunesp

VUNESP | Nível Superior| Salários de R$ 3.748,98

» Polícia Civil SP abre concurso para 1.400 vagas

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-ENFERMEIRO
Série Médica
ENFERMEIRO

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO EM ENFERMAGEM
Série Médica
TÉCNICO EM ENFERMAGEM

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO EM ODONTOLOGIA
Série Médica
TÉCNICO EM ODONTOLOGIA

 

 

 

 

Material de estudo para Concursos de Enfermagem 2018

 

 

 

Série Médica-TÉCNICO DE LABORATÓRIO
Série Médica
TÉCNICO DE LABORATÓRIO

 

Treinamento de Engermagem

Questões de Enfermagem para Concursos - Doenças Infecciosas e Parasitórias

Treine para prova sem medo, sem surpresas sem pegadinhas! Somente a prática leva a perfeição...

 

 

 

 

 

» Confira a lista de concursos abertos

» Veja os últimos concursos publicados

 

 

 

Questões de Enfermagem - Doenças Infecciosas e Parasitórias

 

» Para um melhor aproveitamento - resolva as questões - anote sua altenativa e depois confira os gabaritos.

» Para interagir com as questões - utilize - FireFox ou Chrome.

 

 

 

Eu posso aceitar o fracasso. Todo mundo falha em alguma coisa. Mas eu não posso aceitar não tentar.

Michael Jordan

 

 

 

  • Prefeitura de Carneirinho
  •  

    Q40235


    prancheta

     


    Ano: 2018 FUMARC    Prefeitura de Carneirinho Nível Médio   Enfermagem Tuberculose, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    A Tuberculose é um problema de saúde prioritário no Brasil. O agravo atinge todos os grupos etários, com maior predomínio nos indivíduos economicamente ativos, na faixa etária de 15 a 54 anos, do sexo masculino, e em locais de precárias condições sociais (asilos, alagados, aglomerados, mocambos etc.). É uma doença infecciosa, e as formas pulmonares são as de importância epidemiológica. Os pacientes que não se curam, após tratamento com os esquemas padronizados pelo Programa Nacional de Controle da Tuberculose – PNCT/SVS/MS, podem ser portadores de bacilos resistentes aos tuberculostáticos.

    A resistência deve ser confirmada por testes laboratoriais e é definida, EXCETO como


      (A) Monorresistência - Resistencia a um fármaco apenas.

     


       (B) Multirresistência - Resistencia simultânea a, pelo menos, Rifampicina e Isoniazida.

     


       (C) Polirresistência - Resistencia a mais de um fármaco que não Rifampicina e Isoniazida.

     


       (D) Resistência extensiva aos fármacos - Resistencia a drogas mais complexas como a Fluoroquinolona, um medicamento injetável de segunda linha.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40234


    prancheta

     


    Ano: 2018 FUMARC    Prefeitura de Carneirinho Nível Médio   Enfermagem Dengue, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    A Dengue é a mais importante arbovirose do mundo, principalmente pelo seu caráter epidêmico e pela possibilidade de complicações e desenvolvimento da Síndrome do Dengue Hemorrágico. É transmitida pela picada das fêmeas do mosquito Aedes aegypti (hematófagas), no ciclo Aedes – Homem – Aedes. Sobre esse assunto, identifique as afirmativas com V ou F, conforme sejam verdadeiras ou falsas:

    I. ( ) Os principais objetivos da Vigilância epidemiológica da doença são reduzir a infestação pelo Aedes aegypti, reduzir a incidência da Dengue e reduzir a letalidade por Febre Hemorrágica do Dengue - FHD.

    II. ( ) São considerados casos suspeitos de Dengue, todos os pacientes que apresentem doença febril aguda com duração de até sete dias, acompanhada de, pelo menos, dois sintomas: cefaleia, dor retrorbitária, mialgias, artralgias, prostração ou exantema, associados ou não à presença de hemorragias.

    III. ( ) A Febre Hemorrágica do Dengue é confirmada mediante o seguinte critério: a comprovação laboratorial e prova do laço positiva.

    IV. ( ) Em função da complexidade que envolve a prevenção e o controle da Dengue, o Programa Nacional de Controle da Dengue estabeleceu como meta um único componente de ação: o combate ao vetor. A sequência CORRETA, de cima para baixo, é:  


      (A) F – V – F – V

     


       (B) F – V – V – V

     


       (C) V – F – V – F

     


       (D) V – V – F – F

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40233


    prancheta

     


    Ano: 2018 FUMARC    Prefeitura de Carneirinho Nível Médio   Enfermagem Febre Amarela, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    O Brasil vem sofrendo, desde o final de 2017, com o aumento do número de casos confirmados de Febre Amarela silvestre, com expressiva letalidade. A Febre Amarela é uma doença febril aguda, de curta duração (no máximo 12 dias), transmitidano meio silvestre por vetores do gênero Haemagogus, tendo como reservatório os primatas não humanos. Em relação à Febre Amarela silvestre, são verdadeiras as seguintes afirmativas, EXCETO:


      (A) A Febre Amarela é uma doença de notificação compulsória e investigação epidemiológica obrigatória de todos os casos.

     


       (B) A Febre Amarela é uma doença sazonal, com maior incidência nos meses de janeiro a abril, acomete com maior frequência o sexo masculino e a faixa etária acima dos 15 anos, devido à maior exposição profissional.

     


       (C) De 2000 a 2008, observou-se uma expansão da circulação viral no sentido Norte e Centro Oeste do pais, detectando-se sua presença em áreas silenciosas há várias décadas.

     


       (D) Um grupo de risco importante são as pessoas não vacinadas que residem pró- ximas aos ambientes silvestres, onde circula o vírus, além de turistas e migrantes que adentram esses ambientes.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte
  •  

    Q40329


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Médio   Enfermagem Dengue, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    No atendimento ao paciente com suspeita ou diagnóstico confirmado de dengue, os sinais de alarme devem ser rotineiramente pesquisados e valorizados, e os pacientes devem ser orientados a procurar a assistência médica na ocorrência deles. São considerados sinais de alarme na dengue, entre outros,


      a) dor abdominal intensa (referida ou à palpação) e contínua, artralgia ou artrite intensa de início agudo, tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite.

     


       b) febre que tem duração de dois a sete dias, geralmente alta (39ºC a 40ºC), cefaleia, adinamia, mialgias, artralgias e dor retroorbitária.

     


       c) febre, exantema maculo-papular pruriginoso, hiperemia conjuntival não pruriginosa e não purulenta, artralgia ou artrite, mialgia, cefaleia, dor nas costas e manifestações digestivas.

     


       d) dor abdominal intensa (referida ou à palpação) e contínua, vômitos persistentes, hipotensão postural e/ou lipotimia, letargia e/ou irritabilidade e aumento progressivo do hematócrito.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q40328


    prancheta

     


    Ano: 2018 COMPERVE    Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Norte Nível Médio   Enfermagem Outras Doenças Infecciosas e Parasitárias, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    A raiva é uma antropozoonose que apresenta letalidade de aproximadamente 100% e alto custo na assistência preventiva às pessoas expostas ao risco de adoecer e morrer, sendo ainda um problema de saúde pública no Brasil. A profilaxia contra a raiva deve ser iniciada o mais precocemente possível. Sobre as bases gerais da profilaxia da raiva humana,


      a) não se deve consumir produtos derivados de animais com suspeita de raiva, mas, havendo consumo, há indicação de esquema profilático para raiva humana, pois há relatos de caso de raiva humana transmitida por essa via.

     


       b) não se indica o uso de soro antirrábico para os pacientes considerados imunizados por esquema profilático anterior, exceto nos casos de pacientes imunodeprimidos ou em caso de dúvidas sobre o tratamento anterior. 

     


       c) o contato indireto, como a manipulação de utensílios potencialmente contaminados, a lambedura da pele íntegra e acidentes com agulhas durante aplicação de vacina animal são considerados acidentes de alto risco e exigem esquema profilático.

     


       d) a história vacinal do animal agressor constitui elemento suficiente para a dispensa da indicação do esquema profilático da raiva humana, especialmente entre os animais domésticos, como cães e gatos, mesmos que sejam animais errantes.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG)
  •  

    Q14920


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM MG) Nível Médio   Enfermagem Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Soldado - Técnico de Enfermagem

     



    A adoção de precauções baseadas na transmissão visa conter a disseminação de doenças infectocontagiosas. Considerando que as medidas de precaução são adotadas de acordo com o modo de transmissão da doença, relacione a segunda coluna de acordo com a primeira:

    (1) Precauções contra a transmissão pelo ar 

    (2) Precauções contra a transmissão por gotículas 

    (3) Precauções contra a transmissão por contato

    ( ) Sarampo

    ( ) Conjuntivite viral

    ( ) Escabiose

    ( ) Caxumba

    ( ) Peste pneumônica

    ( ) Tuberculose

    Marque a alternativa que contem a sequência CORRETA de respostas na ordem de cima para baixo:


      a)  1 - 3 - 3 - 2 - 2 - 1

     


       b)  3 - 1 - 3 - 1 - 2 - 2

     


       c)  2 - 3 - 1 - 3 - 1 - 2

     


       d)  1 - 2 - 3 - 3 - 2 - 1

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  •  

    Q29331


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Estadual de Maringá (UEM) Nível Médio   Enfermagem Epidemiologia e Vigilância Epidemiológica, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    São consideradas doenças de notificação compulsória imediata:


      a)  Varíola, Febre Amarela, Dengue, Febre Maculosa. 

     


       b)  Botulismo, Cólera, Coqueluche, Difteria, Sarampo. 

     


       c)  Ebola, Rubéola, Febre Tifoide, Raiva Humana, Sífilis Congênita. 

     


       d)  Tuberculose, Febre Chikungunya, Tétano Neonatal, Leptospirose.

     


       e)  Leishmaniose Visceral, Hepatites Virais, Poliomielite por Poliovírus Selvagem.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Polícia Militar do Estado de Minas Gerais
  •  

    Q32435


    prancheta

     


    Ano: 2017    Polícia Militar do Estado de Minas Gerais Nível Superior   Enfermagem Outras Doenças Infecciosas e Parasitárias, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: 2º Tenente - Enfermagem

     


    As bactérias, vírus, micoplasmas, outros agentes infecciosos como fungos e corpos estranhos, podem causar pneumonia. Marque a alternativa cujo patógeno é causador da pneumonia típica: 


      a)  Mycoplasma pneumoniae

     


       b)  Vírus influenza. 

     


       c)  Espécies de Legionella.

     


       d)  Streptococcus pneumoniae.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH)
  •  

    Q32712


    prancheta

     


    Ano: 2017    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Nível Superior   Enfermagem Tuberculose, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Enfermeiro (HUJB - UFCG)

     


    Sobre o tratamento atual da tuberculose no Brasil, instituído pelo Ministério da Saúde, é correto afirmar que 


      a)  o esquema básico para adultos é composto por três fármacos distintos.

     


       b)  pacientes coinfectados pelo vírus da Aids recebem tratamento farmacológico distinto de pacientes não infectados.

     


       c)  na meningoencefalite tuberculosa deve ser associado coritcosteroide ao esquema anti-TB durante todo o tratamento.

     


       d)  a responsabilidade da conduta terapêutica dos casos com qualquer resistência aos medicamentos é da atenção primária em saúde.

     


       e)  recomenda-se a solicitação de cultura, identificação e teste de sensibilidade para todos os casos com baciloscopia positiva ao final do segundo mês de tratamento.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32711


    prancheta

     


    Ano: 2017    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Nível Superior   Enfermagem Hanseníase, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Enfermeiro (HUJB - UFCG)

     


    Considera-se como recidiva na hanseníase todos os casos da doença, tratados regularmente com esquemas oficiais padronizados e corretamente indicados, que receberam alta por cura. São características da recidiva:


      a)  surgimento súbito, ausência de descamação e poucos nervos com alterações sensitivo-motoras.

     


       b)  surgimento súbito, ausência de descamação e excelente resposta medicamentosa.

     


       c)  surgimento súbito, ulcerações raras e lesões antigas, geralmente imperceptíveis.

     


       d)  surgimento lento, poucas lesões recentes e resposta medicamentosa não pronunciada.

     


       e)  surgimento lento, ulcerações raras e excelente resposta medicamentosa.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32710


    prancheta

     


    Ano: 2017    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Nível Superior   Enfermagem Tuberculose, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Enfermeiro (HUJB - UFCG)

     


    Homem, 46 anos, portador do vírus da imunodeficiência humana há sete anos, com abandono do tratamento há dois anos, recebeu diagnóstico médico recente de tuberculose pulmonar. São atribuições do enfermeiro no atendimento ao paciente com tuberculose, EXCETO


      a)  identificar os sintomáticos respiratórios.

     


       b)  realizar assistência integral às pessoas e famílias na UBS e, quando indicado ou necessário, no domicílio ou nos demais espaços comunitários.

     


       c)  realizar consulta de enfermagem, conforme protocolos ou outras normativas técnicas estabelecidas pelo gestor municipal, observadas as disposições legais da profissão.

     


       d)  solicitar exames (BAAR, raio-X de tórax, cultura, identificação e teste de sensibilidade para BK, prova tuberculínica).

     


       e)  dar alta por cura aos pacientes após o tratamento.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE)
  •  

    Q32775


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Dengue, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Sobre a dengue, analise os itens.

    I. A infecção pelo vírus dengue é sempre sintomática.

    II. São sinais de alarme: lipotimia, vômitos persistentes, dor abdominal intensa e irritabilidade.

    III. A fase crítica tem início com a defervescência da febre, entre o terceiro e o sétimo dia do início da doença, acompanhada do surgimento dos sinais de alarme.

    IV. A prova do laço deve ser realizada em todo paciente com suspeita de dengue, mesmo que apresente sangramento espontâneo. 

    Estão corretos:


      a)  I, II, III e IV.

     


       b)  somente II e III.

     


       c) somente I, II e III.

     


       d)  somente II, III e IV. 

     


       e)  somente I e IV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32774


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Hepatites, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Em relação às Hepatites Virais, analise as afirmativas.

    I. São doenças de notificação compulsória regular (em até 7 dias).

    II. As hepatites virais A e E são transmitidas pela via fecal-oral e estão relacionadas às condições de saneamento básico, higiene pessoal, qualidade da água e dos alimentos.

    III. As hepatites virais B, C e D são transmitidas pelo sangue (via parenteral, percutânea e vertical), esperma e secreção vaginal (via sexual).

    IV. A imunidade para a hepatite D pode ser conferida indiretamente pela vacina contra a hepatite B. 

    Estão corretos


      a)  somente II, III e IV.

     


       b)  somente II e III.

     


       c)  I, II, III e IV.

     


       d)  somente I, II e IV.

     


       e)  somente I, II e III.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32773


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem HIV/AIDS, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Sobre o HIV/aids, analise os itens.

    I. O HIV é um retrovírus com genoma DNA que utiliza, para multiplicar-se, uma enzima denominada transcriptase reversa.

    II. Janela imunológica é o tempo compreendido entre a aquisição da infecção e a soroconversão.

    III. Embora o HIV tenha sido isolado de vários fluidos corporais que contêm células inflamatórias, somente o contato com sangue, saliva, sêmen, secreções vaginais e leite materno tem sido implicados como fontes de infecção desse vírus.

    IV. Uma vez instalada a aids, as pessoas portadoras do HIV apresentam sinais e sintomas de processos oportunistas, representados principalmente pelas seguintes doenças: infecções oportunistas (pneumonias, meningites e enterites), tumores (sarcoma de Kaposi e linfomas) e alterações neurológicas induzidas pelo HIV. 

    Estão corretos:


      a)  somente II e III.

     


       b)  I, II e IV.

     


       c)  I, II, III.

     


       d)  II, III e IV.

     


       e)  somente II e IV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32771


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Epidemiologia e Vigilância Epidemiológica, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    São doenças de Notificação Compulsória no Brasil, exceto 


      a)  hantavirose.

     


       b)  coqueluche.

     


       c)  esquistossomose.

     


       d)  shigelose.

     


       e) leptospirose.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32770


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Hanseníase, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Analise os itens em relação à hanseníase.

    I. Acomete, principalmente, a pele e os nervos periféricos, mas também se manifesta como uma doença sistêmica, comprometendo articulações, olhos, testículos, gânglios e outros órgãos.

    II. Os casos de hanseníase podem ser classificados operacionalmente em Paucibacilares (até duas lesões de pele) e Multibacilares (mais de duas lesões de pele).

    III. Contato intradomiciliar de caso de hanseníase (sem sinais e sintomas dessa doença), sem cicatriz de BCG, deve receber uma dose dessa vacina.

    IV. A transmissão se dá por meio de uma pessoa doente (forma infectante da doença – Paucibacilar), sem tratamento, que elimina o bacilo para o meio exterior, infectando outras pessoas suscetíveis. 

    Estão corretos:


      a)  somente I, II, III.

     


       b)  I, II III, e IV.

     


       c)  somente I e III.

     


       d)  somente II, III e IV.

     


       e)  somente III e IV.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q32768


    prancheta

     


    Ano: 2017    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IF CE) Nível Médio   Enfermagem Tuberculose, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico de Enfermagem

     


    Em relação à tuberculose, é incorreto afirmar-se que


      a)  a prova tuberculínica é indicada como método auxiliar no diagnóstico da tuberculose. 

     


       b)  é uma doença infecciosa e contagiosa, causada por uma bactéria, o Mycobacterium tuberculosis, também denominado de Bacilo de Koch.  

     


       c)  apenas cerca de 10% das pessoas infectadas adoecem, mais da metade delas durante os dois primeiros anos após a infecção, e o restante ao longo da vida.

     


       d)  qualquer órgão pode ser atingido pela tuberculose; mais frequentemente pulmões, gânglios linfáticos, pleura, laringe, rins, cérebro e ossos. 

     


       e)  todas as pessoas expostas ao bacilo da tuberculose se infectam, mas nem todas as pessoas infectadas desenvolvem a doença.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  •  

    Q35043


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Nível Médio   Enfermagem Tuberculose, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico em Enfermagem

     


    De acordo com o “Manual de Recomendações para o controle da Tuberculose no Brasil”, do Ministério da Saúde, analise as afirmativas a seguir, e empregue V para as VERDADEIRAS e F para as FALSAS.

    ( ) O Profissional de Saúde com sinais ou sintomas compatíveis com tuberculose deve procurar auxílio médico e ser submetido aos exames laboratoriais e ao Raio-X de tórax. Em caso de suspeita de tuberculose pulmonar, o profissional deve permanecer afastado das suas atividades até que a suspeita de tuberculose seja excluída ou que o profissional de saúde seja considerado não infectante.

    ( ) Os sintomas mais comuns da tuberculose pulmonar são tosse persistente produtiva com muco e eventualmente sangue, febre, sudorese noturna e emagrecimento.

    ( ) O paciente que retorna ao sistema de saúde, após abandono do tratamento para tuberculose, deve ter a reintrodução imediata ao tratamento antiTB básico.

    ( ) A busca ativa do sintomático respiratório tem sido uma estratégia recomendada nacionalmente com o objetivo de identificar precocemente pessoas com tosse por tempo igual ou superior a quatro semanas e deve ser realizada anualmente pelos serviços de saúde.

    ( ) A baciloscopia direta do escarro é o método principal de diagnóstico da tuberculose pulmonar, por permitir a descoberta das fontes de infecção, ou seja, os casos bacilíferos.

    A sequência CORRETA de respostas, de cima para baixo, é: 


      a)  V-V-F-F-V  

     


       b)  F-F-V-V-F 

     


       c)  V-F-F-F-V  

     


       d)  F-V-F-V-V  

     


       e)  V-F-V-F-V 

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

    Q35036


    prancheta

     


    Ano: 2017    Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Nível Médio   Enfermagem Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico em Enfermagem

     


    Alguns micróbios são tão contagiosos ou epidemiologicamente significativos que devem ser usadas precauções adicionais, além das precauções padrão, nas situações em que esses microrganismos são identificados. As precauções contra a transmissão de micróbios pelo ar são necessárias para pacientes diagnosticados com 


      a)  influenza, tuberculose óssea e tétano. 

     


       b)  difteria, rubéola e hepatite A. 

     


       c)  impetigo, sarampo e exantema súbito. 

     


       d)  sarampo, varicela e tuberculose. 

     


       e)  tuberculose, influenza e coqueluche. 

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

  • Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE BA)
  •  

    Q29441


    prancheta

     


    Ano: 2017 CESPE UnB    Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE BA) Nível Médio   Enfermagem Influenza e Influenza H1N1, Doenças Infecciosas e parasitárias Cargo: Técnico Judiciário - Enfermagem

     


    Para evitar a transmissão da influenza, a pessoa com essa doença deve, entre outras medidas,


      a)  evitar ambientes fechados onde haja aglomerações de pessoas.

     


       b)  higienizar a cavidade oral antes de compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos.

     


       c)  afastar-se do trabalho por ao menos 48 horas após o fim dos sintomas.

     


       d)  higienizar as mãos com lenços descartáveis após espirrar ou tossir.

     


       e)  higienizar as mãos somente após o consumo de alimentos.

     

     

    resolver    |     Comente a questão

     

     

     

     

     

    Compartilhe:» #spsconcursos.com - sem inscrição, sem cadastro e grátis

     

     

     

     

     

    »Conhença as organizadoras de concursos

     

     

     

     

    página com questões do Enem